15/11/2006 16h10 – Atualizado em 15/11/2006 16h10

Estadão

O cientista político e sociólogo Eduardo Kugelmas faleceu na terça-feira, e foi sepultado nesta quarta-feira no Cemitério Israelita do Butantã, na presença de um grupo de políticos, entre eles o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o ex-deputado Aloísio Nunes Ferreira e outros.

 

Doutor em Ciência Política pela Universidade de São Paulo e mestre em Sociologia pela École des Hautes Études en Sciences Sociales de Paris, foi professor de Ciência Política da USP e de História Econômica e Social da PUC-SP, tendo atuado ainda como pesquisador do CEDEC-Centro de Estudos de Cultura Contemporânea.

 

Foi também pesquisador, consultor e analista de entidades como o Instituto de Pesquisa Social da Fundação Escola de Sociologia e Política, FUNDAP-Fundação do Desenvolvimento Administrativo e CEBRAP-Centro Brasileiro de Análise e Planejamento.

Kugelmas fez ainda o curso de Desenvolvimento Econômico da CEPAL-Comissão Econômica para a América Latina, e foi assessor especial de Dílson Funaro, na Secretaria do Planejamento do Governo do Estado de São Paulo e pesquisador do CEDES-Centro de Estudos sobre Desenvolvimento Econômico e Social, em Caracas, Venezuela. Autor de vários estudos acadêmicos em sua especialidade, atuou também no jornalismo, tendo integrado a primeira equipe da editoria de Economia da revista Veja.

Comentários