10/09/2019 07h36

Menino, de 13 anos, estava junto com o irmão, de 5, e o vereador de Ivinhema, Dr. Messias, que também morreram no acidente

Gisele Berto

Morreu nesta madrugada na Santa Casa de Campo Grande a terceira vítima do acidente com ultraleve que caiu na tarde de domingo, 8, em Ivinhema.

Guilherme dos Santos Fernandes, de 13 anos, era irmão de Igor Davi dos Santos Fernandes, de cinco anos, que morreu no momento do impacto. Guilherme teve 90% do corpo queimado e múltiplas fraturas. O ultraleve pertencia ao vereador de Ivinhema, Messias Furtado de Souza de 55 anos, que pilotava a aeronave e morreu onde de manhã.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o ultraleve caiu por volta de 17h30 de domingo numa chácara na saída para Angélica. O vereador e Guilherme foram retirados da aeronave com auxílio de policiais militares que passavam pelo local e presenciaram o acidente.

Após a queda o ultraleve pegou fogo e os dois tiveram mais de 80% do corpo queimado. O vereador e o adolescente foram levados para o Hospital Municipal de Ivinhema e posteriormente transferidos para o setor de queimados da Santa Casa de Campo Grande.

As causas do acidente estão sendo apuradas pela Polícia Civil. As informações são do site MS em Foco.

Os irmãos Igor e Guilherme, que morreram depois da queda do ultraleve pilotado por Dr. Messias, em Ivinhema. Foto: Arquivo Pessoal / MS em Foco

Comentários