29/03/2012 07h35 – Atualizado em 29/03/2012 07h35

Vítima de acidente na BR-262 morre no Hospital Nossa Senhora Auxiliadora

Advogado de Herculândia, que conduzia o veículo, segue internado. Terceira vítima saiu ilesa

Edmir Conceição

Marilda Alves Nogueira Lima Fukuciro, 67 anos, uma das três vítimas do acidente ocorrido ontem na BR-262, por volta das 10h40, não resistiu aos ferimentos e morreu à noite no Hospital Nossa Senhora Auxiliadora. Marilda Fukuciro era servidora aposetnada da Prefeitura de Herculândia (SP), a 231 km de Três Lagoas.

A morte foi registrada por volta das 19h, segundo fontes médicas.

O condutor do veículo, um Fiat/Punto de placas EGB-9186 de Herculândia, advogado Toshio Fukuciro, 74 anos, segue internado, junto com a terceira vítima, Irani Emeb Nogueira de Lima, de 72 anos.

O advogado, de Herculândia, interior de São Paulo, seguia para Campo Grande e participaria do encontro de vereadores na Capital, a convite de amigo. Essa informação, no entanto, não foi confirmada. O estado do advogado é estável e a terceira vítima saiu praticamente ilesa do acidente.

No quilômetro 58, antes da segunda passagem de nível na BR-262, Toshio perdeu o controle do veículo no quebra-molas , bateu na traseira de um caminhão Baú/Scania, placa CYR-4415 São Paulo-SP e capotou. Motoristas afirmam que a sinalização no local é precária.

PASSAGEM DE NÍVEL

Apesar da informação do DNIT de que há sinalização alertando sobre a passagem de nível na rodovia, ela é precária. A reportagem do Perfil News constatou que o quebra-molas surge após uma curva e não existe nenhuma sinalização sonora na pista, como há em outros trechos da rodovia com passagem de nível.

,

Punto capotou ontem na BR-262 após bater na traseira de caminhão baú depois de quebra-molas antes da passagem de nível no km 58 da BR-262. (Foto: Edmir Conceição).

Carro ficou destruído após capotamento na BR-262 nesta quarta-feira. Acidente aconteceu por volta das 10h30. (Foto: Edmir Conceição)

Comentários