17/11/2006 09h59 – Atualizado em 17/11/2006 09h59

Foi realizada na manhã desta sexta-feira (17) no saguão do antigo prédio da prefeitura a culminância do ‘Projeto de Avaliação Nutricional’, iniciativa da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, por meio do departamento de infra-estrutura do setor de alimentação escolar. Alunos das 13 escolas da Rede Municipal de Ensino realizaram a Primeira Mostra de Trabalhos, composta por cartazes, painéis e murais. A exposição estará aberta para visitação ao longo do dia. Os trabalhos educativos foram confeccionados, tendo por base cartilhas encaminhadas pelo FNDE/PNAE- Programa Nacional de Alimentação Escolar.

Com o tema ‘Alimentação Saudável: riscos nutricionais: obesidade e desnutrição’, os alunos das escolas municipais Diógenes de Lima, Filinto Muller, Gentil Montalvão, Maria Eulália, Maria de Lourdes, São Carlos foram os responsáveis pela elaboração dos cartazes. A escola Flausina Assunção apresentou na solenidade uma dança. Também apresentaram trabalhos, alunos da Joaquim Marques (mural, teatro), Maria de Lourdes (teatro, paródia), Nelson Custódio (salada de frutas), Olinto Mancini (jogral), e São Carlos (revista, paródia, livro de receitas). O evento contou com a participação de diretores e professores das escolas municipais e dos secretários Jorge Martinho (Saúde) e Márcia Moura (Educação e Cultura). ORIENTAÇÃO De acordo com a nutricionista da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, Mara Borges, responsável pela execução do programa de merenda no município, o Programa de Avaliação Nutricional consistiu na orientação dos alunos quanto a alimentação e também no diagnóstico do risco nutricional nas escolas. ‘Identificamos as crianças com risco nutricional, por obesidade e/ou desnutrição, apresentamos uma proposta educativa com orientação teórica, e na prática reeducamos a alimentação nas merendas das escolas’, disse Mara. ‘Por fim as crianças em risco nutricional foram encaminhadas as UBS’. ‘Nesse trabalho, identificamos que em cada escola de 6 a 10 crianças, em média estavam obesas ou desnutridas’, destacou a nutricionista, lembrando da importância do trabalho.

Comentários