20/11/2006 14h31 – Atualizado em 20/11/2006 14h31

Começou a vigorar nesta segunda-feira (20) o aumento do percentual de 20 para 23% da mistura do álcool na gasolina. A decisão, tomada pelo Conselho Interministerial do Açúcar e o Álcool (Cima), vai representar um consumo adicional de aproximadamente 300 milhões de litros de álcool até o dia 30 abril de 2007, quando encerra a safra 2006/2007. De acordo com o ministro da Agricultura, Luís Carlos Guedes Pinto, os preços do mercado interno mantiveram-se num patamar elevado no período de forte pressão exportadora, que ocorreu ao longo do ano, e atualmente estão em níveis razoáveis para este período da safra (R$ 0,75 para o álcool hidratado e R$ 0,86 para o anidro – que é misturado à gasolina). Este nível de preços garante, segundo o ministro, remuneração para os produtores sem onerar demasiado os consumidores. De acordo com técnicos da Secretaria de Produção e Agroenergia do Ministério da Agricultura, a expectativa é de que ao final de abril, período em que oficialmente se encerra a safra 2006/2007 e se inicia a 2007/2008, o país tenha estoques de passagem entre 500 e 600 milhões de litros, considerados volumes confortáveis para o final da entressafra.

Comentários