Objetivo é auxiliar na definição de diretrizes estaduais para vigilância, prevenção e controle da doença respiratória

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) instituiu nesta sexta-feira, 31, o Centro de Operações de Emergência (COE/MS) em Mato Grosso do Sul referente ao Novo Coronavírus (nCoV), com o objetivo de auxiliar na definição de diretrizes estaduais para vigilância, prevenção e controle, bem como o acompanhamento e avaliação das ações desenvolvidas pelo Governo do Estado. Não foram detectados casos suspeitos no Estado.

Segundo a resolução publicada no Diário Oficial do Estado, o Centro de Operações de Emergência (COE/MS) será composto por integrantes da SES envolvidos na atuação em situações de emergências de saúde, de acordo com a estrutura existente na Secretaria.

O COE/MS tem como atribuições coordenar e executar as ações da saúde no âmbito estadual junto aos demais grupos, comissões, comitês, câmaras que atuam em situação emergencial relacionadas ao Novo Coronavírus. Também irá elaborar as Notas Técnicas e Informativas ou de procedimentos segundo a classificação da emergência, e as ações relativas à resposta rápida relacionadas ao nCoV.

O Centro de Operações também irá apoiar os municípios na estruturação das Vigilâncias em Saúde, bem como realizar o monitoramento, acompanhamento e avaliação de sua atuação. Assim como monitorar os informes de alerta dos órgãos de acompanhamento para execução dos planos de ação em tempo oportuno.

O COE/MS irá Implantar e manter atualizados o cadastro de recursos humanos, materiais e equipamentos a serem convocados e utilizados em situação de emergência. Também irá executar a distribuição e o controle dos medicamentos, insumos farmacêuticos e produtos para a saúde necessários ao abastecimento da população.

Outra atribuição será a capacitação de recursos humanos para atuação frente à epidemia na vigilância, diagnóstico e tratamento do Novo Coronavírus. Também irá definir os meios e formas de comunicação à população; adotar medidas que facilitem a tomada de decisões e otimização das respostas do setor saúde.

O Centro de Operações será responsável por elaborar os fluxogramas de responsabilidades e atividades necessárias para desencadear a resposta ao nCoV. Também irá Sensibilizar os gestores e lideranças comunitárias para a adoção de medidas preventivas, assim como elaborar cenários para atendimento da epidemia.

Nesta semana, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) encaminhou nota técnica aos profissionais de saúde dos 79 municípios, orientando sobre as ações a serem adotadas em caso de surgimento de pessoas com os sintomas da doença e de como proceder com a coleta de amostras para exames.

A Secretaria recomendou às equipes de vigilância epidemiológica municipais, bem como serviços de saúde, a estarem alertas aos casos de pessoas com sintomatologia respiratória e que apresentam histórico de viagens para áreas de transmissão local do vírus, que tenha vínculo ou contato próximo com caso suspeito de novo corona vírus nos últimos 14 dias.

(*) Portal MS

Comentários