13/11/2006 15h46 – Atualizado em 13/11/2006 15h46

Campo Grande News

Os primeiros presos a serem transferidos do sistema penitenciário do Estado para o Presídio Federal de Campo Grande já estão relacionados. São 15 condenados pela Justiça Federal que cumprem pena nos presídios estaduais. “15 já estão certo que vão para o presídio. São condenados da Justiça Federal”, disse o juiz da 1ª Vara de Execução Penal de Campo Grande, Francisco Geraldo de Souza. Segundo o juiz, a intenção é transferir, além destes, pelo menos mais 30 presos para a unidade, que deve ser inaugurada até o fim do ano. “A intenção é tentar conseguir de 30 a 40 vagas além destas 15”, declarou. De acordo com ele, essas transferências fazem parte do plano de desarticulação de quadrilhas dentro das unidades penais do Estado, já que serão “hóspedes” do presídio presos considerados lideranças negativas e com longas penas. “É uma trégua para o sistema penitenciário”, avaliou o juiz, explicando que “um preso que é liderança negativa e que tem longa pena vale por 50”. Aqueles que estão no Presídio Federal de Catanduvas (PR) não devem ser trazidos para o da Capital. O presídio federal está praticamente pronto. Falta apenas a instalação de alguns equipamentos de segurança e pequenos ajustes. A obra ainda não foi inaugurada devido a decisão judicial que condiciona o funcionamento a desativação do lixão que fica ao lado da unidade. O Ministério do Trabalho já emitiu um laudo afirmando que o lixão não irá prejudicar a saúde dos presos e funcionários.

Comentários