Doses devem ser suficientes para conclusão da vacinação de idosos acima de 80 anos e profissionais de saúde acima de 60 anos; municípios que já concluíram essa etapa da vacinação poderão iniciar a imunização de idosos acima de 75 anos

O Ministério da Saúde entrega a Mato Grosso do Sul o primeiro lote da quinta remessa de 37.500 doses vacinas contra a Covid-19. O Estado recebeu nesta quarta-feira (24), 22.500 doses do quantitativo de 2 milhões de doses da AstraZeneca/Oxford, que chegaram ao país vinda da Índia no final da tarde, e mais 13.200 doses da Coronavac, do quantitativo de 1,2 milhão de doses, disponibilizadas pelo Instituto Butantan ao Governo Federa.

Para reforçar a Campanha de Imunização Contra a Covid-19 no Estado, o Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) de Mato Grosso do Sul informou que vai remanejar para a Secretaria de Estado de Saúde (SES), 13.848 doses que eram destinadas à população indígena para imunização. Assim, Mato Grosso do Sul totaliza 49.548 doses disponíveis para a imunização sendo que deste quantitativo, 22 mil são para dose dois e o restante para os demais grupos.

Segundo o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, este quantitativo vai garantir que os municípios concluam a vacinação de remanescentes do grupo prioritário, como idosos acima de 80 anos e profissionais de saúde acima de 60 anos. “Para aqueles municípios que já concluíram a vacinação de idosos acima de 80 anos, podem iniciar para um novo público, de idosos acima de 75 anos”.

Resende ainda destaca que novas remessas de vacina significam um alívio para o Estado para continuar a campanha de imunização. “Fizemos todas as distribuições em menos de 24 horas, a última chegou a 12 horas e isto colocou o nosso Estado em primeiro lugar na distribuição de doses no país. Assim que o Ministério da Saúde fizer a distribuição, haveremos de acionar a nossa logística para enviar as novas remessas das vacinas o mais rápido possível aos municípios”, pontua o secretário.

Em busca de melhores resultados, Geraldo Resende afirma que mantém contato constante com os secretários municipais e cobra agilidade no processo de imunização. “Quero que os municípios melhorem a performance de vacinação. Tenho procurado conversar com todos os secretários municipais para resolver as questões pontuais para que nós possamos garantir eficiência no processo de imunização, já que figuramos entre estados bem mais colocados no ranking de vacinação nacional”, ressalta o Geraldo.

Histórico das remessas

Mato Grosso do Sul já recebeu 222.746 (vacinas), em quatro carregamentos enviados pelo Ministério da Saúde. A primeira (remessa) chegou no dia 18 de janeiro, com um lote de 158,7 mil doses da vacina Coronavac.

O segundo lote desembarcou no Estado em 24 de janeiro, com 22 mil doses da vacina AstraZeneca/Oxford. Já o terceiro lote foi chegar ao Estado em 25 de janeiro, em um reforço de mais 10,2 mil doses da Coronavac. A quarta remessa com 32 mil doses de vacina contra a Covid-19 chegou no dia 7 de fevereiro.

Dados do “Vacinômetro”, mostram nesta quarta-feira (24), que já foram aplicadas no Estado 149.952 doses de vacinas, o que representa o índice de 3.85% da população total do Estado já vacinada.

Comentários