27/08/2014 11h00 – Atualizado em 27/08/2014 11h00

Multa pode chegar a R$ 191 e veículo pode ser apreendido. Troca de cada placa de carro custa R$ 68,86 e de moto, R$ 86,07.

Da Redação

Mato Grosso do Sul tem uma frota de 1,2 milhão de veículos. Só em 2014, 428 condutores foram multados por falta de reparos na identificação das placas dos veículos. Do número total de multas, 232 foram só em Campo Grande.

De acordo com o Código de Trânsito, a multa para quem circular com a placa desgastada é de R$ 191 e o veículo ainda pode ser apreendido, mas até a punição pode ser dificultada se o radar não conseguir identificar a sequência de letras e números apagados.

Para carros, a troca de cada placa custa R$ 68,86; para troca de placa de motocicleta, o valor é de R$ 86,07. No Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MS), são feitos quase 3 mil emplacamentos por mês e, em muitos casos, são de placas que não podem mais circular, o que é decidido na vistoria. Caso a substituição seja necessária, o pedido é feito para uma das empresas credenciadas.

Na placa, que é uma chapa de alumínio, são prensadas as letras, os números do veículo e a identificação da empresa. Em uma das empresas credenciadas, são feitas 1,2 mil placas por mês só para substituição em veículos usados.

As placas foscas e desgastadas estão sendo trocadas por outras refletivas, que, além de ser uma obrigação do motorista, auxilia na segurança. Na capital sul-mato-grossense, 60% das placas já são refletivas.

(*) Com informações de G1 MS

Comentários