27/03/2019 16h42

Vítima faleceu na segunda-feira, 25, no Nossa Senhora Auxiliadora; outro caso também foi registrado ontem em Dourados

Gisele Berto

O Setor de Vigilância Epidemiológica da Diretoria de Vigilância em Saúde e Saneamento de Três Lagoas está investigando o que pode ser o terceiro caso de morte por Dengue na cidade.

Trata-se de uma mulher, de 79 anos de idade, residente na região central de Três Lagoas, em tratamento na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, onde veio a falecer na segunda-feira (25).

Antes de comunicar oficialmente o óbito, é procedimento normal que se investiguem e sejam confirmadas todas as informações que chegaram ao Setor de Vigilância Epidemiológica, referentes a este caso, como observou a coordenadora, enfermeira Adriana Spazzapan.

“Após a confirmação ou não deste caso de morte por dengue, haja vista que a paciente também possuía outros agravantes, é que formalizamos o comunicado oficial à Secretaria Estadual de Saúde e ao Ministério da Saúde”, informou Adriana.

Caso se confirme a causa como dengue, terá sido a sexta morte em decorrência da doença no Estado.

OUTROS CASOS

Mais um caso de morte por dengue hemorrágica também foi registrado em Dourados. Uma mulher de 58 anos de idade morreu na noite de quarta-feira (26). Se o Lacen (Laboratório Central) confirmar o resultado positivo, será a segunda provocada pela doença neste ano em Dourados e a sétima no Estado. Na semana passada, um menino de 11 anos de idade morreu em consequência da forma mais grave da dengue.

Em Três Lagoas uma mulher de 76 anos, residente no Bairro Interlagos, faleceu em 13 de fevereiro e outra mulher, de 57 anos de idade, residente no Bairro São Jorge, internada em hospital de Marília (SP), morreu em 10 de fevereiro.

Comentários