15/10/2003 16h43 – Atualizado em 15/10/2003 16h43

A Polícia Militar informou há pouco ao MidiamaxNews que a mulher que foi presa suspeita de colaborar na tentativa de fuga dos internos Lauri Cavalheiro Ajala e Valdeir Rezende que cumprem pena no do EPSM (Estabelecimento Penal de Segurança Máxima) de Campo Grande estava dirigindo um Monza vermelho. De acordo com a PM, a mulher, ainda não identificada, estava do lado de fora do presídio com o carro a espera dos dois presos.

A diretora da DGSP (Diretoria Geral de Administração do Sistema Penitenciário), Zenóbia dos Santos, informou ao MidiamaxNews que os dois internos do EPSM que tentaram fugir agora há pouco não estão feridos e já está tudo controlado no presídio.

Conforme ela, Lauri Cavalheiro Ajala e Valdeir Rezende subiram pelo alambrado e alcançaram a muralha da Máxima, pulando o muro, o que disparou o alarme e alertou o policial militar que estava na guarita.

O PM atirou contra os dois internos e eles pararam de correr, mas não foram atingidos pelas balas. Neste momento, os dois estão na delegacia da Polícia Civil no Carandá Bosque prestando depoimento.

Fonte:Midiamax News

Comentários