05/04/2016 15h38 – Atualizado em 05/04/2016 15h38

A tocha passará por nove cidades do estado de Mato Grosso do Sul, sendo uma delas a cidade de Bataguassu, na região do Bolsão

Da Redação

A Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul recebeu, na segunda-feira (4), representantes de municípios sul-mato-grossenses onde haverá o revezamento da Tocha Olímpica. São eles: Bataguassu, Bonito, Campo Grande, Dourados, Itaporã, Maracaju, Nova Andradina, Rio Brilhante e Sidrolândia. O objetivo desta primeira reunião com a Fundtur-MS antes do evento foi tratar da preparação da festa da passagem do símbolo da história dos Jogos Olímpicos nos municípios.

Para o diretor-presidente da Fundtur-MS, Nelson Cintra, a passagem do revezamento da Tocha Olímpica por nove cidades de Mato Grosso do Sul vai representar muito no contexto turístico do Estado. “É uma oportunidade para mostrarmos ao mundo nossas belezas já consolidadas e também de inserir outros destinos no nosso mapa turístico”, destacou.

A largada para o revezamento da tocha olímpica acontece no dia 3 de maio, em Brasília, e serão três meses de viagem por 335 localidades no Brasil. A previsão de chegada da tocha em Mato Grosso do Sul é dia 25 de junho de 2016, pouco mais de um mês antes do início dos Jogos Olímpicos que acontecem a partir de 5 de agosto no Rio de Janeiro. A passagem do símbolo olímpico será uma oportunidade para expor as políticas que tornam os municípios mais atrativos e receptivos ao turista.

Além dos municípios do estado que farão parte do revezamento, a capital Campo Grande e o município de Dourados receberão jornalistas e blogueiros que participarão da Press Trip – Destinos do Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016. A escolha de Dourados para o Tour da Tocha ocorreu por meio de um processo seletivo realizado pelo Ministério do Turismo, que escolheu um município de cada macrorregião brasileira onde a tocha olímpica irá pernoitar.

O objetivo das ações do Tour da Tocha é potencializar a promoção dos destinos. Os outros municípios onde a tocha olímpica irá pernoitar e que passaram no processo de seleção, com exceção para as capitais estaduais, foram Santarém (PA), Cabo Frio (RJ), Joinville (SC) e Porto Seguro (BA). Os atrativos de todos os locais por onde acontece o revezamento da Tocha podem ser conferidos no mapa interativo lançado pelo Ministério do Turismo.

(*) Notícias MS

A largada para o revezamento da tocha olímpica acontece no dia 3 de maio, em Brasília, e serão três meses de viagem por 335 localidades no Brasil (Foto: Divulgação/Notícias MS)

Comentários