29/01/2019 13h06

Os trabalhos iniciaram na segunda-feira (28) e segue até amanhã, quarta-feira (30), nas referidas regiões

Redação

As ações desempenhadas pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) continuam sendo realizadas em Três Lagoas e, dessa vez, a atenção está voltada para os bairros Jardim Progresso e Chácara Imperial. As equipes compostas por agentes de endemias e agentes de saúde de cada região estão participando do Mutirão da Dengue, realizando visitas em residências, comércios e terrenos, com objetivo de identificar e eliminar os criadouros de larvas do mosquito Aedes Aegypti.

De acordo com o coordenador do Setor de Endemias, Alcides Divino Ferreira, a força-tarefa iniciou na segunda-feira (28) e tem previsão de terminar até amanhã, quarta-feira (30), concluindo a limpeza e vistoria nas duas regiões. A Chácara Imperial possui 808 imóveis, enquanto o Jardim Progresso, 869 propriedades, entre casas, comércios e terrenos.

“Embora a responsabilidade de limpar e eliminar os focos sejam dos proprietários, a ação dá continuidade ao compromisso da Gestão Municipal em controlar os casos de dengue em Três Lagoas. Para isso, a população precisa se conscientizar e fazer sua parte”, comenta Alcides.

Recentemente, os bairros Santa Luzia, Vila Haro e Paranapungá receberam mutirão da dengue. Conforme o cronograma do Setor de Endemias, amanhã (30), será a vez dos moradores da Vila Maria contarem com a visita das equipes.

Alcides reforça que é importante a colaboração do morador para o sucesso da força tarefa. “Algumas pessoas ainda se mostram relutantes em permitir a entrada dos agentes. Pedimos que todos tenham consciência com a sua própria saúde e a dos demais. Estamos fazendo um trabalho preventivo, para o bem geral. Por isso, contamos com a parceria da população para eliminarmos a doença”, disse.

COMITÊ DA DENGUE

Na última sexta-feira (25), foi realizada a primeira reunião do ano de 2019 do Comitê Municipal de Mobilização e Combate ao Aedes Aegypti, com os membros participantes na sede da Associação Comercial e Industrial de Três Lagoas (ACITL).

Na ocasião, foram apresentados o balanço dos trabalhos realizados em 2018, os números de casos suspeitos e confirmados da doença, além do saldo positivo da SMS, em relação à diminuição de infectados a cada mês.

Estiveram presentes os representantes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agronegócio (SEMEA), ACITL, Empresa Fibria, Associação de Corretores e Imobiliárias, Corpo de Bombeiros, Conselho Municipal de Saúde e Secretaria Municipal de Saúde, por meio de setores e diretorias.

Comentários