22/04/2014 10h19 – Atualizado em 22/04/2014 10h19

Em Mato Grosso do Sul, a Associação dos Procuradores de Estado (APREMS) também somou esforços mobilizando a bancada federal

Da Redação

Conclusa para ser votada em Comissão Especial, a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 82/2007 motiva uma nova mobilização da Associação Nacional dos Procuradores de Estado (ANAPE) e demais entidades representativas da advocacia pública, agora com ênfase na probidade. Em Mato Grosso do Sul, a Associação dos Procuradores de Estado (APREMS) também somou esforços mobilizando a bancada federal.

“Estivemos com o senador Delcídio do Amaral e deputado federal Vander Loubet na ocasião em que o projeto estava com vista ao deputado Ricardo Berzoini (PT-SP). Estamos trabalhando para que entre em votação neste mês de abril, antes da Copa e da fase de recesso parlamentar”, explica o presidente da APREMS, Fábio Jun Capucho.

A segunda fase da campanha de mobilização pela autonomia da Advocacia Pública leva o mote “82 – A PEC da Probidade”, com o propósito de levar, por meio de publicidades, informações sobre a importância da função desempenhada pelo advogado público.

Desta forma o Movimento Nacional em Defesa da Advocacia Pública espera informar a sociedade sobre a Proposta de Emenda à Constituição 82 que concede autonomia administrativa e financeira aos advogados públicos brasileiros.

Os trabalhos do Movimento também podem ser acompanhados pelo Facebook, no endereço https://www.facebook.com/movimentoadvocaciapublica

(*) Com informações de Assessoria de Comunicação

Comentários