09/01/2019 08h15

Policial fazia escolta de um detento no HNSA quando teve sua mochila com notebook, celular e outros pertences furtada; o ladrão, velho conhecido da polícia, aproveitou uma brecha na reforma do prédio para entrar no Hospital

Gisele Berto

A audácia não tem limites. Na madrugada desta quarta-feira, 9, um policial militar que fazia a escolta de um preso teve sua mochila furtada dentro do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora.

Quando percebeu a falta da mochila, em que levava um notebook, o celular e pertences pessoais, o policial saiu à procura de seus pertences por todo o hospital.

O vigilante do Hospital, então, sugeriu que eles vissem as gravações das câmeras de segurança. Quando se dirigiam à sala de monitoramento, o vigilante notou um homem que se esgueirava pelos pilares, tentando se esconder.

O segurança, então, avisou ao policial que aquela pessoa não fazia parte do quadro de funcionários. Quando o policial abordou o homem, ele tentou correr, mas foi alcançado.

Os dois entraram em luta corporal e o indivíduo ficou ferido, com um corte na cabeça. O policial o algemou e esperou reforço.

Quando a equipe chegou ao hospital o homem confessou que havia pego a bolsa e mostrou onde ela estava escondida.

Segundo consta no boletim de ocorrência, o assaltante possui várias passagens pela polícia, e “só nesta ultima semana, já foi autuado em flagrante pelo menos três vezes”.

O homem disse que entrou no Hospital por uma brecha que havia, devido à reforma do prédio.

Todos os pertences do PM foram devolvidos.

Foto: Divulgação

Comentários