14/09/2018 16h29

"As pesquisas não retratam fielmente o momento do Bolsonaro"

Coronel David fala sobre a recuperação do presidenciável Jair Bolsonaro após o atentado que sofreu em Juiz de Fora

 
Gisele Berto
Coronel David esteve no Perfil News para uma entrevista exclusiva, onde falou especialmente sobre o atual momento do presidenciável Jair Bolsonaro, de quem é representante no MS. Foto: Márcia Héllen. Coronel David esteve no Perfil News para uma entrevista exclusiva, onde falou especialmente sobre o atual momento do presidenciável Jair Bolsonaro, de quem é representante no MS. Foto: Márcia Héllen.

O Perfil News recebeu na tarde desta sexta-feira, 14, o candidato a Deputado Estadual Coronel David. Um dos representantes do candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro no Mato Grosso do Sul, Coronel David falou sobre o atentado sofrido pelo presidenciável em Juiz de Fora, sobre sua recuperação e sobre o capital político angariado por Bolsonaro pós-ataque.

"O povo brasileiro é um povo muito emotivo e se compadece de algumas situações. Essa emoção a gente observou e acabou elevando a aceitação do Bolsonaro nas últimas pesquisas", afirmou.

Apesar disso, Coronel David também afirmou que, por orientação do partido e opinião própria, tende a olhar de forma bastante crítica para as pesquisas. "A gente considera que as pesquisas não retratam fielmente o momento que o Bolsonaro vive com o eleitorado brasileiro". Coronel David afirma que o partido trabalha com a hipótese de eleição em primeiro turno.

Além disso, o candidato a Deputado Estadual falou sobre o movimento das mulheres contra Bolsonaro – público onde o candidato enfrenta a maior rejeição. "Aqueles que criticam e falam que o Bolsonaro tem problemas com as mulheres deviam ver as cenas que nós vemos, quando elas vêm, espontaneamente, mostrando apoio ao projeto dele". Mais uma vez, Coronel David se mostra receoso quanto às pesquisas que informam sobre a rejeição das mulheres às propostas de Bolsonaro. E diz que acredita que haverá mulheres em cargos de primeiro escalão em um eventual governo de Jair Bolsonaro. "Caso haja mulheres com mais competência que os homens, elas estarão em cargos de primeiro escalão", afirmou.

O ATENTADO

Coronel David afirmou também, durante a entrevista, que não acredita que o agressor de Jair Bolsonaro tenha agido sozinho e garante que tem "certeza absoluta que em breve a trama toda será desvendada pela Polícia Federal e vamos chegar aos verdadeiros responsáveis". "A banca que atendia o agressor era uma das maiores e mais caras de Minas Gerais. O advogado foi em seu próprio avião para Juiz de Fora para defender o rapaz, que estava desempregado. E falou que foi a Igreja quem pediu. Acho uma história bonita, mas de difícil aceitação por nossa parte".

Esses e muitos outros assuntos estão na entrevista completa, disponibilizada no vídeo abaixo.

Envie seu Comentário