11/01/2019 08h08

Discussão sobre portão aberto termina com sobrinho atirando no próprio tio em Aparecida do Taboado

O projétil atingiu o celular do homem, que estava no bolso

 
Gisele Berto
Foto: Divulgação Polícia Civil Foto: Divulgação Polícia Civil

Uma discussão de família terminou com um sobrinho atirando contra o tio em Aparecida do Taboado na manhã de ontem, 10.

Tudo começou por conta de um portão aberto. Na casa onde vive o pai da vítima, um senhor de 82 anos, também dorme, às vezes, o sobrinho, de 24 anos. Preocupado com a segurança do pai, o homem havia pedido para o rapaz manter sempre o portão fechado, já que o pai é idoso e a família estaria com medo de bandidos.

No entanto, na manhã de ontem, a vítima percebeu o portão aberto e foi tomar satisfação com o sobrinho. Começaram a discutir e o sobrinho partiu para cima do tio, que correu para se defender.

O sobrinho, então, teria ido à casa de amigos e voltou armado. Encontrou o tio, apontou a arma e começou a gritar que iria matá-lo.

O tio tentou desarmar o rapaz, mas ele atirou contra a perna do homem e fugiu. A sorte dele é que o tiro acabou acertando o aparelho celular, que estava no bolso da frente da calça jeans.

Embora o disparo efetuado não tenha penetrado na perna do homem, causou ferimentos, constatados por exame de corpo de delito realizado no Pronto Socorro.

O tio disse à polícia que o sobrinho tem dois endereços - um é a casa do idoso e outro é no mesmo terreno do próprio tio - um mora na casa da frente e outro na casa dos fundos.

O homem informou, ainda que, o sobrinho dá trabalho: usa drogas no lugar, leva mulheres e faz "outras coisas às escondidas".

A polícia ainda não descobriu se o revólver é do rapaz ou de algum dos amigos, onde ele teria ido buscar a arma.

Envie seu Comentário