21/01/2019 13h22

DOF recupera veículos roubados e prende todos os criminosos do sequestro em Ivinhema

Um dos criminosos trocou tiros com os policiais e foi alvejado durante o confronto

 
Redação
 
Quarto sequestrador capturado pelos policiais (Foto/Assessoria) Quarto sequestrador capturado pelos policiais (Foto/Assessoria)

Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) prenderam na madrugada desta segunda-feira (21), por volta de 00h30, quatro homens envolvidos em um sequestro com dois reféns, em uma chácara no município de Ivinhema no domingo (20), por volta das 21h20.

Um alerta foi emitido para a região do 8º Batalhão de Polícia Militar de Nova Andradina e demais forças de segurança do sul do Estado. Imediatamente equipes do DOF iniciaram as buscas pela região, rodovias e estradas vicinais. Em uma ação conjunta com policiais militares do do Grupamento Especializado Tático Motorizado (Getam) de Naviraí (MS), o DOF abordou os veículos roubados e prendeu quatro dos homens envolvidos no sequestro.

O CRIME

Os reféns eram mantidos sob ameaça pelos criminosos e estavam, nos veículos, no momento da abordagem policial que aconteceu entre Ivinhema e Naviraí. Policiais do DOF continuaram em diligências na região e localizaram o último foragido do grupo.

 
Homem morto em troca de tiros com os militares (Foto/Assessoria) Homem morto em troca de tiros com os militares (Foto/Assessoria)

O DESFECHO

Um dos criminosos trocou tiros com os policiais e foi alvejado durante o confronto. O homem foi socorrido e encaminhado ao Hospital de Naviraí, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu, os outros quatro autores do crime foram capturados na região de Naviraí por uma equipe do DOF e outra do GETAM de Naviraí

Foram recuperados o Jeep Renegade preto com placas de Ivinhema (MS) e a camionete Toyota Hilux cinza, com placas de Dourados (MS), bem como os pertences pessoais dos reféns. Todos os criminosos envolvidos no sequestro foram presos.

Foram apreendidas duas armas de fogo: uma Pistola Glock calibre 9mm municiada, alimentada e carregada com 14 munições intactas; um revólver calibre .22 de fabricação argentina, com dez munições, sendo três deflagradas e sete intactas, mas três munições intactas no bolso de um dos presos; e, um simulacro de arma de fogo modelo pistola.

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron) para os procedimentos legais.

Envie seu Comentário