21/08/2018 09h30

Em duas ações, PM paulista retém 4 toneladas de maconha que saiu de MS

Apreensões ocorreram em Epitácio e Andradina; motorista de caminhão boiadeiro e três ocupantes da SUV foram presos

 
Redação
 
Policiais descarregam fardos de maconha encontrados em caminhão que saiu de Dourados (Foto: Divulgação)
Policiais descarregam fardos de maconha encontrados em caminhão que saiu de Dourados (Foto: Divulgação)

Em duas apreensões distintas, policiais militares apreenderam ontem (20) pelo menos quatro toneladas de maconha que saiu do Paraguai e passou por Mato Grosso do Sul. Os dois carregamentos tinham saído de Dourados.

O condutor de uma SUV Toyota SW4 onde estava a maconha, os dois batedores que viajavam em carros diferentes o motorista do caminhão boiadeiro que seguia sozinho com a droga, foram presos. Os nomes não foram divulgados.

Na tarde de ontem na Rodovia Marechal Rondon, em Andradina (SP), policiais do TOR (Tático Ostensivo Rodoviário) apreenderam pelo menos 2.600 quilos de maconha no fundo falso de um caminhão boiadeiro que saiu de Dourados e seguia para Uberlândia (MG). O caminhoneiro foi preso em flagrante e a maconha levada para a Polícia Federal em Araçatuba (SP).

Outra apreensão – Na noite de ontem, o grupo tático da Polícia Militar Rodoviária paulista apreendeu uma SUV Toyota SW-4 prata, com placas de Marialva (PR), carregada com 1.400 quilos de maconha.

Ação apreensão ocorreu rodovia Raposo Tavares, em Presidente Epitácio (SP) e três pessoas foram presas – um economista de 29 anos e um comerciante de 39 anos, os dois residentes em Dourados, e um mecânico de 25 anos, morador em Várzea Grande (MT).

De acordo com a polícia paulista, inicialmente foi abordada uma Mitsubishi Pajero TR4 preta, com placas de Brasília (DF), conduzida pelo comerciante que viajava com a mulher de 33 anos. Os dois apresentaram nervosismo e caíram em contradição sobre os motivos da viagem.

O comerciante acabou confessando que era "batedor" do carregamento de maconha que estava na Toyota SW4 prata, localizada no estacionamento de um hotel no km 652 da Raposo Tavares.

Os policiais foram informados na recepção do hotel que um Fox preto com placa de Fátima do Sul tinha chegado ao local junto com a Toyota. Os dois hóspedes eram o mecânico mato-grossense e o economista douradense.

O mecânico confessou que pegou a Toyota SW4 com a maconha em Dourados para levar até Uberaba (MG), por R$ 6 mil como pagamento. Foi o comerciante que denunciou o economista, condutor do Fox preto, como o outro batedor da carga.

A SW4 tinha sido furtada em Franca (SP), no dia 27 de janeiro deste ano. A mulher que viajava com o comerciante foi liberada após o homem afirmar que ela não sabia do tráfico e acreditava apenas que iriam fazer compras.

(*) Campo Grande News

 
SUV lotada de maconha saiu de Dourados (Foto: Divulgação)
SUV lotada de maconha saiu de Dourados (Foto: Divulgação)

Envie seu Comentário