13/09/2018 14h26

Ranking do Estadão mostra Eldorado como a empresa que mais influenciou seu setor no Brasil

O ranking empresarial Empresas Mais traz também as melhores práticas em Governança Corporativa e Inovação; lista completa será divulgada no dia 28 de setembro

 
Gisele Berto
A Eldorado Brasil foi escolhida a empresa do ramo de Papel e Celulose que influenciou mais positivamente o seu setor no Brasil. Foto: Divulgação. A Eldorado Brasil foi escolhida a empresa do ramo de Papel e Celulose que influenciou mais positivamente o seu setor no Brasil. Foto: Divulgação.

O Grupo Estado anunciou hoje os vencedores da quarta edição do Empresas Mais. O ranking, elaborado em parceria com a agência classificadora de riscos Austin Rating e a FIA (Fundação Instituto de Administração), elegeu as empresas que mais influenciaram positivamente seu setor.

A cerimônia de entrega dos prêmios contou com a participação do ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, que abriu o evento e falou um pouco sobre "Caminhos necessários para instrumentalizar as empresas e garantir o crescimento sustentável do PIB".

No setor de Papel e Celulose, a Eldorado Brasil ficou em primeiro lugar, seguida por Klabin e Cenibra. No ano passado a Eldorado apareceu em quarto lugar em seu setor, atrás de Suzano, Fibria e Klabin.

O estudo completo conta com o ranking das 1.500 maiores empresas do Brasil, considerando sua receita líquida, além das 100 empresas individuais de maior impacto econômico e dos 100 grupos empresariais de maior impacto econômico. No total, foram avaliadas cerca de 3.600 companhias.

A lista completa será divulgada em três formatos: um site com as informações completas, um caderno especial encartado na edição do dia 28 de setembro e uma revista em formato Premium com venda avulsa também a partir do dia 28.

QUALIFICAÇÃO

Em um cenário cada vez mais competitivo e em constante modificação, se adaptar às tecnologias e criar novas formas de atender às necessidades do consumidor é essencial. Por esse motivo, neste ano, além de avaliar as empresas em relação à Governança Corporativa, o Empresas Mais também as analisou no quesito Inovação.

Outra novidade da premiação é a separação das companhias entre individuais e grupos empresariais, que reúnem duas ou mais empresas, muitas vezes atuantes em diferentes segmentos da economia. Essa distinção tem como objetivo tornar o estudo mais próximo da realidade dos setores econômicos. Os grandes vencedores do Empresas Mais foram a RD Raia Drogasil, no quesito individual, e o Grupo Raízen, considerando os grupos empresariais.

Para a escolha das melhores empresas foi desenvolvida uma metodologia exclusiva que reúne a análise de informações históricas e a consolidação de dados financeiros disponíveis nos balanços publicados pelas próprias empresas avaliadas. Ao todo, elas foram divididas em 23 categorias e premiadas as três primeiras colocadas.

"O objetivo do Empresas Mais é avaliar o mercado e reconhecer as companhias que conseguiram entender - em diferentes frentes - o cenário econômico e registrar os melhores resultados", afirma Luis Fernando Bovo, diretor de Projetos Especiais do Estadão.

Abaixo, segue a lista completa dos vencedores por categoria (clique na imagem para abrir).

 

Envie seu Comentário