14/08/2014 13h11 - Atualizado em 14/08/2014 13h11

Delcídio do Amaral mantém liderança na 2ª pesquisa Fiems/Ibrape

A pesquisa foi realizada de 8 a 11 de agosto com 1.640 eleitores distribuídos por 40 municípios

 
Léo Lima com assessoria
 
Também na espontânea, o nome de Delcídio aparece em primeiro, na frente disparado dos dois maiores concorrentes (Foto: Divulgação) Também na espontânea, o nome de Delcídio aparece em primeiro, na frente disparado dos dois maiores concorrentes (Foto: Divulgação)


O candidato do PT na corrida pelo governo de Mato Grosso do Sul continua na frente dos demais concorrentes. É o que confirma a segunda rodada de pesquisas eleitorais, realizada pela Fiems/Ibrape, divulgada nesta quinta-feira (14). Como parte da iniciativa de acompanhar e analisar o cenário político de Mato Grosso do Sul, a Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul (Fiems) está promovendo pesquisas eleitorais para demonstrar as intenções de votos do eleitorado estadual.

Na 2ª rodada da pesquisa estimulada, em que são apresentados ao eleitor os nomes de todos os candidatos registrados pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul), Delcídio aparece com 44%, queda de 2 pontos percentuais em relação à primeira rodada, Reinaldo Azambuja tem 21%, aumento de 3 pontos percentuais, Nelson Trad Filho fica com 20%, queda de 5 pontos percentuais, enquanto o candidato Evander Vendramini (PP) aparece com 2%, aumento de 1 ponto percentual. Os candidatos Professor Monge (PSTU) e Sidney Melo (PSOL) somaram, cada um, 1%, mantendo o mesmo percentual da 1ª rodada, enquanto os votos brancos e nulos totalizam 4%, mesmo índice da rodada anterior, e o percentual de indecisos chegou a 7%, crescimento de 3 pontos.

 
Confirme o que revela a pesquisa quando o eleitor é estimulado a escolher entre os nomes apresentados (Foto: Divulgação) Confirme o que revela a pesquisa quando o eleitor é estimulado a escolher entre os nomes apresentados (Foto: Divulgação)

FORÇA NO INTERIOR

Delcídio do Amaral, de acordo com a 2ª rodada da pesquisa, lidera no interior com 49% das intenções de votos, queda de 4 pontos em relação à anterior, enquanto na Capital o percentual é de 32%, alta de 2 pontos percentuais. Já Reinaldo Azambuja soma 22% na Capital, aumento de 4 pontos, e 21% no interior, demonstrando crescimento de 5 pontos, enquanto Nelson Trad Filho tem 30% na Capital, queda de 5 pontos, e 15% no interior, redução de 6 pontos.

Na pesquisa espontânea, Delcídio também lidera com 28%, crescimento de 8 pontos percentuais em relação à 1ª rodada, Nelson Trad Filho aparece com 11%, mesmo índice da pesquisa anterior, e Reinaldo Azambuja tem 10%, aumento de 7 pontos, enquanto brancos e nulos somam 3%, mesmo percentual da anterior, e os indecisos 45%, redução de 15 pontos percentuais com relação à anterior.

REJEIÇÃO

Com relação à rejeição, o candidato do PMDB continua sendo mais rejeitado pelo eleitor sul-mato-grossense com 31%, seguido pelo candidato do PT com 28% e, em terceiro, o candidato do PSDB com 10%. Os candidatos do PP e do PSTU têm 8% cada e o do PSOL aparece com 7%, enquanto 8% não responderam.

Registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o nº TSE/BR 00344/2014 e no Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) com o nº TRE/MS 00025/2014, a pesquisa Fiems/Ibrape ouviu, de 8 a 11 de agosto deste ano, 1.640 eleitores distribuídos em 40 municípios. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos e o grau de confiança de 95%.

(*) Com Unicom Fiems

Seja o primeiro a comentar!

Restam caracteres. * Obrigatório
Digite as 2 palavras abaixo separadas por um espaço.