11/02/2019 09h48

Imasul doa R$ 1,27 milhão em equipamentos para PMA

É a maior doação da história do Imasul; dinheiro veio da compensação ambiental paga pela Companhia Energética de São Paulo (Cesp) e vai ajudar no trabalho de fiscalização da Polícia Ambiental

 
Redação
Foto: Edemir Rodrigues/Site Imasul Foto: Edemir Rodrigues/Site Imasul

Em evento realizado na manhã de sexta-feira (8), governador Reinaldo Azambuja, por meio do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), fez o repasse de barcos, lanchas e outros equipamentos à Polícia Militar Ambiental (PMA), no valor de R$ 1,274 milhão.

Por meio de compensação ambiental paga pela Companhia Energética de São Paulo (Cesp), foram adquiridos e entregues 17 barcos, 9 lanchas, 28 motores de popa, 5 reboques e 4 rebocadores. "É a maior doação da história do Imasul. Esses equipamentos vão melhorar as ações de fiscalização da PMA, ampliando as possibilidades de conscientização das pessoas", comentou o diretor-presidente do Imasul, Ricardo Eboli.

De acordo com o governador Reinaldo Azambuja, a previsão é de que, por meio do Imasul, sejam repassado um total de R$ 5 milhões em equipamentos para as ações da PMA. Para ele, os veículos serão fundamentais na fiscalização dos rios com a redução gradativa da pesca e o estabelecimento da cota zero em Mato Grosso do Sul no ano de 2020.

Segundo o tenente-coronel Eduardo Haddad Lane, é um investimento inédito na PMA. "Nunca houve esse nível de investimento. São equipamentos importantes para garantir a preservação pelos próximos 10 anos. E tudo o que foi comprado, foi de melhor. Isso também é importante porque, em locais isolados no meio do Pantanal, por exemplo, a PMA é a única presença policial", declarou.

Além dos equipamentos para a PMA, também foram entregues ao Imasul seis caminhonetes L200 Triton cabine dupla para as ações de fiscalização e orientação realizada pelos técnicos do Instituto.

*Fonte: Site do Imasul

Envie seu Comentário