14/11/2006 13h57 – Atualizado em 14/11/2006 13h57

Ansa

Escrever no computador sem usar as mãos nem a voz, apenas com a força do olhar, é uma possibilidade a partir de agora, no Japão, onde um professor universitário criou um sistema que permite digitar apenas olhando para as letras no monitor. O estudioso por trás do protótipo inovador é Kohei Arai, professor de ciências da computação na Universidade de Saga, no sul do Japão. Segundo o professor, a invenção poderia ter importantes aplicações no setor médico e hospitalar, principalmente para pessoas que sofreram acidentes com as mãos ou para doentes que não podem se levantar. O sistema funciona com um computador, uma câmera de vídeo especial e um software de apoio. A máquina é capaz de reconhecer o centro do rosto a partir de gradações de luz e de sombra sobre a pele, identificando, assim, seis pontos-chave em volta dos olhos do usuário. A partir destas referências, o computador consegue determinar a posição do rosto e os deslocamentos do campo de visão, tornando possível a escolha de caracteres num teclado exibido na tela. As condições para o funcionamento correto do sistema são manter uma distância de 30 cm da tela e uma distância de 2,5 cm entre uma tecla e outra no teclado virtual. “Projetos parecidos já haviam sido apresentados no passado, mas precisavam de uma máscara especial ou de microcâmeras em infra-vermelho para os olhos. Este novo sistema, menos invasivo e utilizável por todos, serve principalmente para deficientes ou pacientes internados em hospitais que, sem poder falar nem se mexer, podem escrever textos ou pedir ajuda às enfermeiras”, explica Arai.

Comentários