21/09/2017 11h35

Dados foram divulgados na manhã desta quarta-feira (21).

Ygor Andrade

O Ministério da Saúde divulgou na manhã desta quarta-feira (21), o índice de suicídios no Brasil. Segundo o órgão, cerca de 11 mil brasileiros tiram a própria vida todos as anos e, entre os aos de 2011 e 2016, aproximadamente 63 mil casos foram registrados no país. No mundo, mais de 800 mil pessoas fazem isso todos os anos. Divulgar estes dados, faz parte do cronograma do Setembro Amarelo, mês dedicado ao combate ao suicídio. CLIQUE AQUI E VEJA O RELATÓRIO COMPLETO.

Ainda de acordo com as informações do relatório, 79% dos casos envolvem homens e 21% de mulheres. Desses casos, 60,4% é de pessoas que não estão em um relacionamento conjugal, ou seja, são solteiras, viúvas e divorciadas e 31,5% estão em uniões estáveis ou casadas. “E os homens casados se suicidam menos. O casamento é um fator de proteção para os homens e de risco para as mulheres”, disse em entrevista à Agência Brasil, Fátima Marinho, Diretora do Departamento de Vigilância de Doenças e Agravos Não-Transmissíveis e Promoção da Saúde. Ela ainda completa “que existe uma associação das tentativas de suicídio das mulheres com a violência intradomiciliar”.

O relatório ainda aponta que no Brasil, o enforcamento e a intoxicação vêm se destacando como principais meios utilizados para cometer suicídio no Brasil, enquanto nos Estados Unidos, por exemplo, armas de fogo estão em primeiro lugar por serem de fácil acesso da população.

IDOSOS

As pessoas com 70 anos ou mais, representam cerca de 8,9 suicídios a cada 100 mil habitantes, mas a Diretora Fátima Marinho comenta que o número de idosos que tiram a própria vida no Brasil aumentou devido à doenças crônicas, como, por exemplo, a depressão ou a situações de abandono familiar.

TENTATIVAS

Informar às autoridades as tentativas de suicídio se tornaram obrigatórias no Brasil. Segundo um levantamento mostrado no relatório do Ministério da Saúde, 176,226 mil pessoas tentaram algum tipo de lesão contra o corpo, sendo que 27,4% delas (48.204) foi contra a própria vida entre os anos de 2011 e 2016.

TRÊS LAGOAS

Menos de três meses para o fim do ano, a cidade já tem registrados, o mesmo número de tentativas de suicídio do que em 2016.

. Desses casos, 60,4% é de pessoas que não estão em um relacionamento conjugal, ou seja, são solteiras, viúvas e divorciadas e 31,5% estão em uniões estáveis ou casadas. (Foto: Internet).

Comentários