12/03/2016 12h19 – Atualizado em 12/03/2016 12h19

Em relação ao mesmo período do ano passado (fevereiro de 2015), o número correspondente ao mês correlacionado saltou quase 10% a mais em 2016

Da redação

O número de empresas abertas em Mato Grosso do Sul aumentou 52% no mês de fevereiro em relação a janeiro deste ano. A informação é da Junta Comercial de Mato Grosso do Sul (Jucems) – órgão vinculado à Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico (Semade).

No comparativo com o mês anterior, o órgão registrou a constituição de 505 empresas em fevereiro deste ano – 52% a mais do que em janeiro de 2016 (332) e 55% a mais que em dezembro de 2015 (325). Clique aqui para ver as estatísticas do mês de Fevereiro/2016 da Jucems.

Em relação ao mesmo período do ano passado (fevereiro de 2015), o número correspondente ao mês correlacionado saltou quase 10% a mais em 2016. Para o presidente da Jucems, Augusto César de Castro, alguns fatores podem ter contribuído para que o balanço fosse favorável. “Esses números refletem o quantitativo, mas não o qualitativo, ou seja, em quais circunstâncias e os motivos reais para que o empreendedor decidisse abrir a sua empresa. Entretanto, entende-se que o empresário está mais confiante para empreender. Acreditamos que as políticas estaduais de apoio aos empresários tenham contribuído demasiadamente para a melhoria desse indicador”, analisou.

Na avaliação do secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck, o percentual positivo de abertura de empresas em fevereiro se deu em curto prazo. “Em janeiro, por exemplo, houve a abertura de 332 empresas e já em fevereiro registrou aumento de mais 173 empresas em 30 dias. Um dos fatores que podem ter contribuído para este balanço positivo pode ser creditado à conjuntura econômica estadual, com um governo estabilizado e assumindo seus compromissos em dia”, explicou.

ROTA DO DESENVOLVIMENTO – REDESIM

A 5ª edição da Rota do Desenvolvimento – ação que faz parte do Programa Estadual de Apoio aos Pequenos Negócios (PROPEQ) – leva a Corumbá uma palestra promovida pela Jucems das 14 às 15h no dia 15 de março, sala 3, no Sesc Corumbá (Rua Domingos Sahib, nº 570). O encontro deverá orientar aos empreendedores e profissionais do segmento quanto à implantação da REDESIM – Rede Nacional para a Simplificação do Registro e Legalização de Empresas e Negócios – um sistema integrado que permite a abertura, alteração, baixa e legalização de empresas na Junta Comercial de Mato Grosso do Sul.

A iniciativa integra todos os processos com apenas um único envio de documentos para a Junta Comercial, simplificando procedimentos e reduzindo a burocracia ao mínimo necessário – o que contribui para o estímulo à abertura de mais empresas no Estado. Corumbá é uma das cidades pioneiras na implantação do sistema, que contempla órgãos, entidades federais, estaduais e municipais, que fazem parte deste processo previsto para 22 municípios de MS.

“Nós vamos fazer uma apresentação da FCN (Ficha de Cadastro Nacional) e DBE (Documento Básico de Entrada) eletrônicos. Estamos automatizando de forma integrada, junto à Receita Federal, esta ferramenta para que os empreendedores e profissionais do ramo possam agilizar o processo de abertura de empresas. Cabe destacar também que, através da pesquisa por intermédio da REDESIM, o cidadão poderá verificar a disponibilidade do nome da empresa e viabilidade de localização (segundo o plano diretor de cada município). Dessa maneira, a desburocratização da constituição de empresas torna-se um fator competitivo para o desenvolvimento econômico de Mato Grosso do Sul”, afirmou o presidente da Jucems.

(*) Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico (Semade)

No comparativo com o mês anterior, o órgão registrou a constituição de 505 empresas em fevereiro deste ano. (Foto: Divulgação)

Comentários