A intenção da empresa líder na fronteira é dar o exemplo para que outras empresas também fechem suas portas e evitem a propagação da doença que já causou muitas mortes na Europa Asia e na América Latina

O Grupo Cogorno, em nome de um de seus diretores, o empresário Felipe Cogorno Álvarez, anunciou que está se unindo à luta para combater a disseminação do coronavirus e, acima de tudo, respeitar a medida estabelecida pelo Ministério da Saúde, evitando aglomerações e incentivando os cidadãos a fazer quarentena fechando todos os locais e comércios.

O grupo Cogorno decidiu fechar suas lojas de venda, como o Shopping China e o Planet, conforme anunciado pelo empresário Felipe Cogorno Álvarez, comentou que nas empresas do grupo trabalham mais de 3.500 colaboradores. Segue a disposição dos cidadãos os serviços de supermercados como Fortis, Maxi e Postos de combustíveis Petrobras, considerando que são necessidades básicas nestes tempos difíceis.

EXEMPLO

A intenção da empresa líder na fronteira é dar o exemplo para que outras empresas também fechem suas portas e evitem a propagação da doença que já causou muitas mortes na Europa Asia e na América Latina.

Felipe Cogorno Álvarez afirmou que “Evitar a disseminação do corona vírus

deve ser uma prioridade, a atividade comercial e econômica não é a prioridade no momento, estamos enfrentando uma crise na fronteira, mas com saúde poderemos superar as adversidades”

Comentários