12/06/2015 14h20 – Atualizado em 12/06/2015 14h20

Operação da Polícia Militar chama atenção e ganha aprovação da população

A ação que movimentou Três Lagoas na noite de ontem (11), chamou atenção e gerou diversos comentários nas mídias sociais, mas foi aprovada pela população devido a sensação de segurança

Ricardo Ojeda e Patricia Miranda

No final da tarde de ontem, quinta-feira, 11, a Polícia Militar de Três Lagoas em parceria com o Agrupamento Aéreo da PM do Mato Grosso do Sul, deflagrou a operação denominada “Cidade Tranquila”. Vários bairros considerados violentos da cidade foram alvos de fiscalização e passaram por acompanhamento realizado pelos policiais.

Em torno de 60 policiais e mais dezenas de viaturas e motocicletas, além de um helicóptero que apoiou a ação, fizeram parte da operação. Segundo o comandante Wilson Sérgio Monari do 2° Batalhão de Polícia Militar de Três Lagoas, a mobilização cumpriu seu objetivo. “Apesar de não termos realizado apreensões de grande porte ou prisão de algum marginal de alta periculosidade, ela serviu para mostrar que a Polícia Militar está atenta a tudo que acontece na cidade, é um recado à marginalidade”, disse.

HELICÓPTERO

O comandante do 2º BPM disse essa foi à primeira vez, que ocorreu uma operação sendo utilizado um helicóptero. Com policiais fortemente armados e equipados, inclusive com dispositivos de visão noturna. A movimentação chamou a atenção da população três-lagoense e causou até questionamento nas redes sociais.

Uma delas seria de que presos haviam fugido do Presídio de Segurança Média de Três Lagoas e que os policiais estariam à procura. Outros comentários dão conta de que um empresário ligado ao ramo de supermercados teria sido sequestrado, mas esses boatos não devem ser levados em consideração, pois foi apenas um trabalho considerado de rotina, conforme informou o comandante e que ações já tem sido feito há algum tempo na cidade.

Veja as fotos registradas por Patrícia Miranda

De acordo com Monari, e com exclusividade ao Perfil News, disse que desde o começo do mês com a incorporação de novos soldados ao efetivo do batalhão, a criminalidade tem diminuído, se for comparada ao mês de junho de 2014. “A fiscalização e ação vai prosseguir na cidade e a Polícia Militar está atenta no sentido de resguardar a segurança da população”, afirmou. Segundo ele, em breve em entra em funcionamento o sistema de vigilância de câmeras que irá possibilitar uma redução significativa nas ocorrências policiais de Três Lagoas.

No final da operação o comando do batalhão, tenente coronel Monari avaliou como positiva a ação e disse que fiscalizações preventivas terão prosseguimento (Foto: Ricardo Ojeda)

Equipe do Agrupamento Aéreo acompanhou as ações de helicóptero (Foto: Ricardo Ojeda)

Policias fortemente armados do Agrupamento aéreo sobrevoaram vários bairros de Três Lagoas (Foto: Ricardo Ojeda)

Comentários