A Polícia Militar divulgou nesta sexta-feira (5), o balanço final da Operação ‘Fio de Cobre’, que teve como objetivo prender os receptadores de produtos ilícitos, como por exemplo: fios de cobre, realizada ontem unindo as Forças de Segurança e representantes da Prefeitura Municipal de Três Lagoas.

Ao todo, foram fiscalizados oito estabelecimentos que atuam no ramo de reciclagem, sendo que cinco deles localizados nos bairros: Santa Luzia, Jardim Progresso, Jardim das Paineiras, Lapa e Jardim Alvorada não apresentaram irregularidades.

Além disso, quatro pessoas foram detidas.

FISCALIZAÇÕES E PRISÕES

Durante a ação, conforme a Polícia Militar, na Rua Antônio de Souza Queiroz, no Bairro Jardim Flamboyant, um homem de 27 anos foi preso e autuado em flagrante na 3ª Delegacia de Polícia Civil por receptação e armazenamento ilegal de produtos perigosos.

No local, os policiais encontraram grande quantidade de fios elétricos de várias dimensões e espessuras e outros materiais de cobre. Além dos produtos sem comprovação de origem, havia cerca de 400 litros de óleo diesel armazenados em desacordo com a legislação vigente, distribuídos em 10 galões de 20 litros e 01 tambor de 200 litros.

Outra prisão em flagrante ocorreu na Rua Márcia Mendes, no Bairro Jardim Angélica. Por lá, foram apreendidos vários pedaços de fio de cobre, sem comprovação de origem lícita. O homem preso alegou adquirir produtos de vários catadores, não sabendo informar especificamente de quem havia comprado. O proprietário do local de 34 anos foi autuado na 2ª Delegacia de Polícia Civil pelo crime de receptação.

No bairro Jardim Capilé, na Rua Aristone José da Silva, dois homens de 21 e 34 anos foram levados à 3ª Delegacia de Polícia Civil para prestarem melhores esclarecimentos sobre um veículo VW/Fusca totalmente queimado armazenado no local.

O automóvel, conforme a PM, teria relação com uma ocorrência de dano e furto na estação do poço artesiano de captação de água bruta da empresa Sanesul.

Durante depoimento, o dono do “ferro velho” afirmou que havia adquirido o veículo de um desconhecido, porém durante as investigações, testemunhas relataram a presença do próprio suspeito na cena de crime contrariando sua versão. As divergências estão sendo apuradas.

OPERAÇÃO FIO DE COBRE

A Operação ”Fio de Cobre” foi desenvolvida em uma ação conjunta entre as Polícias Civil, Militar, Polícia Militar Ambiental e Secretaria Municipal de Meio Ambiente e teve como alvo fiscalizar e averiguar possíveis irregularidades em estabelecimentos que trabalham com materiais recicláveis, popularmente chamados de “ferro velho”.

A ação visou prender os receptadores de produtos ilícitos, como por exemplo: fios de cobre, já que vem se tornado alvo frequente de furtos devido ao elevado valor de mercado.

Comentários