12/07/2017 16h25

O trabalho da Polícia Civil terá continuidade e novas prisões podem ser realizadas até a próxima sexta feira

Redação

Uma operação realizada pela DAM de Três Lagoas prendeu quatro pessoas, acusadas de descumprir medidas protetivas de urgência decretadas com base na Lei Maria da Penha. Foram 3 prisões em cumprimento de mandados de prisão preventiva e uma em flagrante delito.

A primeira prisão foi realizada na segunda feira. VBO, 43 anos, foi autuado em flagrante delito após ameaçar sua ex mulher pela segunda vez. Na terça foi preso ADS, 41 anos, que por duas vezes descumpriu proibição de se aproximar da vítima. Na manhã de hoje foram cumpridos outros dois mandados contra LTMV, 23 anos e VRL, 23 anos, ambos também desobedeceram ordem judicial que os proibia de se aproximar a menos de 200 metros das vítimas.

O trabalho da Polícia Civil terá continuidade e novas prisões podem ser realizadas até a próxima sexta feira.

Além disso, outros casos estão em investigação e os agressores serão intimados a prestar esclarecimentos à Polícia, também nesta semana. Caso ocorra algum fato superveniente, como ameaças contra as vitimas, a Polícia Civil, por meio da DAM, representará pela concessão de mandados de prisão preventiva contra os investigados.

(*) Assessoria de Comunicação

Comentários