06/10/2013 11h43 – Atualizado em 06/10/2013 11h43

PRF registra o primeiro acidente do mês com vítima fatal

Operador de muck seguia para o trabalho no canteiro de obras da unidade de fertilizantes nitrogenados, quando perdeu o controle do veículo ao bater no conjunto de rodas de uma carreta bi-trem

Ricardo Ojeda

A Polícia Rodoviária Federal de Três Lagoas registrou na manhã deste domingo o primeiro acidente do mês de outubro com vítima fatal. O fato aconteceu no quilômetro 310, da BR 158, entre Três Lagoas a Brasilândia. Um veículo Kadet, placas, BGU – 0092, de Guararapes capotou várias vezes, depois que bateu nos pneus de uma carreta, bi-trem, placas CUE- 6072 de Bastos (SP).

De acordo com informações, um operador de muck que trabalhava nas obras do Consórcio UFN3, identificado por Ermanes Alves Faria, de 38 anos seguia pela BR, no sentido Brasilândia/ Três Lagoas, enquanto a carreta, bi-trem, que transportava carga de milho, seguia no sentido inverso.

OS FATOS

Conforme informações do condutor da carreta, Edson Roberto da Silva, de 45 anos, que seguia devagar, quando visualizou a aproximação do Kadet quase dentro da pista contrária, e ao ver o veículo se aproximar mais, percebeu que o condutor estava abaixado, (como se estivesse pegando algum objeto) fazendo com que ele desviasse a carreta para o acostamento. Mas, segundo ele, a manobra não conseguiu evitar o impacto do outro veículo que bateu no conjunto das rodas da carreta bi-trem, perdendo o controle, capotando várias vezes.

CORPO ARREMESSADO

Devido à violência do impacto o Kadet, que ficou completamente destruído, foi parar uns 25 metros do local da batida, enquanto seu condutor, foi arremessado do veículo e morreu na hora, devido à gravidade dos fatos.
Segundo o delegado da Polícia Civil de Três Lagoas, Thiago Passos, ele presume que o motorista do Kadet estava sem cinto de segurança, pelo fato de seu corpo ter sido arremessado de dentro do veículo.

Equipes do Corpo de Bombeiros e da Polícia Rodoviária Federal estiveram no local, mas, após constatar a morte de vítima, acionaram a perícia técnica da Policia Civil para os levantamentos.

O corpo foi encaminhado ao IML de Três Lagoas, enquanto o condutor da carreta será ouvido pelo delegado Thiago Passos, mas será liberado devido não constar nenhuma responsabilidade na ocorrência.

Após constatar a morte da vítima, a PRF acionou a Perícia Técnica da Policia Civil para fazer os levantamentos no local e depois encaminhou o corpo para o IML de Três Lagoas (Fotos: Perfil News)

Amigos de trabalho estiveram no local e até ajudaram a conduzir o caixão ao veiculo da funerária

O corpo do condutor, que presume-se estava sem cinto de segurança foi arremessado paro fora do veículo

Veiculo capotou várias vezes e parou no acostamento da BR 158, no trecho que liga Três Lagoas a Brasilândia

Comentários