15/05/2019 16h22

Informação foi confirmada por Jorge Martinho, Coordenador Regional do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

Gisele Berto

Durou pouco mais de um dia a greve dos operários envolvidos nas obras de construção do Hospital Regional.

Parados desde ontem, 14, os funcionários da empreiteira contratada pela construtora Sial reivindicavam o pagamento dos salários atrasados. A empreiteira alegava não ter recebido da Sial, que dizia não ter recebido do Governo.

Por fim, o empasse foi solucionado hoje. Depois do Governo afirmar que já havia repassado a verba à Sial e essa, por sua vez, ter feito o pagamento à empreiteira, os funcionários viram a cor do dinheiro na conta.

Na manhã de hoje o clima ainda era tenso no canteiro de obras, já que a Sial alegava que já havia transferido o dinheiro à empreiteira, mas os funcionários ainda não tinham recebido. Funcionários e um engenheiro da construtora chegaram a bater boca. Mas, finalmente, pouco depois da hora do almoço os operários constataram o pagamento e voltaram ao trabalho.

A informação de que os trabalhadores retornaram às suas funções foi confirmada à reportagem do Perfil News pelo coordenador regional do governo do estado de Mato Grosso do Sul, Jorge Martinho.

Operários da obra do Hospital voltaram ao trabalho no início da tarde de hoje. Foto: Ricardo Ojeda

Comentários