03/09/2014 11h13 – Atualizado em 03/09/2014 11h13

O evento divulgou a cidade ao Brasil e resultou em um saldo de R$ 140 mil doados para a Rede Feminina de Combate ao Câncer

Da Redação

O promotor de Justiça e presidente da Associação em Defesa do Meio Ambiente, Antônio Carlos Garcia de Oliveira, fez uso da tribuna livre e prestou contas sobre o 13º Motoshow, realizado neste ano pelo Rotary.

Segundo relatou, o evento divulgou a cidade ao Brasil e resultou em um saldo de R$ 140 mil doados para a Rede Feminina de Combate ao Câncer. Nas duas últimas edições, segundo ele, foram destinados R$ 290 mil para a entidade.

Ele ainda destacou o incremento no comércio e nos serviços locais, assim como para outras associações beneficentes participantes, o que traz receita a Três Lagoas. Ele ainda ressaltou melhorias feitas do Arenamix. O promotor esclareceu que cerca de três mil motociclistas visitaram a cidade e que a coordenação do evento não concorda com excessos de comportamento e subversões à ordem pública.

O promotor agradeceu a todos pelo apoio e finalizou dizendo que este é o único evento que devolve recursos para o município, inclusive porque os gastos são feitos localmente, revertendo ainda em impostos para a cidade.

(*) Com informações de Assecom Câmara Municipal de Três Lagoas

O promotor esclareceu que cerca de três mil motociclistas visitaram a cidade e que a coordenação do evento não concorda com excessos de comportamento e subversões à ordem pública (Foto: Divulgação/Assecom)

O promotor agradeceu a todos pelo apoio e finalizou dizendo que este é o único evento que devolve recursos para o município, inclusive porque os gastos são feitos localmente, revertendo ainda em impostos para a cidade (Foto: Divulgação/Assecom)

Comentários