21/03/2016 16h42 – Atualizado em 21/03/2016 16h42

O trabalho busca ser um elo entre população e o bom atendimento em saúde

Assessoria

Quando se fala em saúde pública e Sistema Único de Saúde (SUS) há sempre uma expectativa da população: positiva ou negativa e é pensando nisso que existe a Ouvidoria da Saúde, local que funciona como elo entre população e a melhoria do atendimento e saúde.

De acordo com a Coordenadora de Ouvidoria de Três Lagoas, Darlene Heloisa Ferrari Ruiz, o local atende a população para receber reclamações, sugestões, denuncias e elogios sobre o serviço público de saúde. “É com essa ferramenta que agimos sobre as reclamações e denuncias, e não entendemos como negativo se por ventura recebermos uma grande quantidade de denuncias, porque é dessa forma que podemos melhorar o serviço e mostra a confiança da população sobre a sua voz”, explica.

Darlene explica que ao chegar uma reclamação ou denuncia é realizado um registro no Sistema Ouvidor SUS (sistema do Ministério da Saúde). As manifestações acolhidas são encaminhadas aos gestores responsáveis pela área em questão. Depois disso, a Ouvidoria acompanha os próximos desdobramentos de cada demanda: recebimento de respostas dos gestores; análise das respostas recebidas; apresentação da resposta ao cidadão (manifestante); reencaminhamento de demanda ou encaminhamento de demanda para outro destino quando necessário; e por fim, conclusão de demanda.

“Acompanhamos a manifestação até que seja finalizada. Feito isso, identificamos a situação e reportamos ao denunciante que medida tomamos sobre a situação. Assim, a função da Ouvidoria do SUS é intermediar as relações entre os cidadãos e os gestores do SUS, promovendo a qualidade da comunicação entre eles e a formação de laços de confiança e colaboração mútua, com fortalecimento da cidadania e desta forma conseguimos promover a cidadania em saúde e produzir informações que subsidiam o gestor nas tomadas de decisão”, explicou.

O cidadão pode se manifestar de forma anônima, onde ele não precisa se identificar, ou de forma identificada. Quando o cidadão se identifica, assim que recebida, a resposta do gestor é realizada uma devolutiva ao cidadão. “O objetivo deste trabalho é melhorar o serviço e atendimento. Se confirmada, a apuração existe punição, advertência e pode inclusive resultar em processo disciplinar, administrativo e até demissão”, explicou.

A população pode entrar em contato com a Ouvidoria da Saúde de Três Lagoas/MS por meio dos seguintes tipos de atendimento: telefones (0800-647-1091 / 3929-1279); pessoalmente (Av. Eloy Chaves, nº 867 – Centro); carta (podem ser depositadas nas urnas da Ouvidoria da Saúde que ficam na recepção da maior parte das Unidades de Saúde de Três Lagoas/MS ou endereçadas a Ouvidoria); e-mail ([email protected]); e, formulário WEB (site portal da saúde do Ministério da Saúde).

VEJA AS MANIFESTAÇÕES:

(*) Prefeitura de Três Lagoas

Ouvidoria acompanha os próximos desdobramentos de cada demanda. (Foto: Assessoria)

Comentários