22/03/2016 10h51 – Atualizado em 22/03/2016 10h51

Ovos de Páscoa tem menor procura em 2016

Conforme pesquisa divulgada pela Fecomércio-MS, a arrecadação desse ano será de R$ 4.235 mil a menos que em 2015

Daniela Silis

Nesta páscoa os três-lagoenses irão comprar menos ovos de chocolate. É o que indica a pesquisa realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Mato Grosso do Sul (Fecomércio MS). Segundo a pesquisa, 23,3% a menos da população do município de Três Lagoas irão ás compras, comparadas ao ano passado.

Conforme a pesquisa, os valores arrecadados também serão menores. A previsão é de que os três-lagoenses gastem, em média, R$ 65,08, quase a metade do que gastaram no ano passado, R$ 124. Com isso, a arrecadação do comércio terá R$ 4.235 mil a menos que em 2015, sendo que a previsão é de arrecadar R$ 2.652 mil, muito abaixo do esperado no ano anterior, que foi de R$ 6.887 mil.

SEGURANDO O BOLSO

Os ovos de páscoa tiveram aumento de preço em torno de 12% nos supermercados da cidade, conforme informações fornecidas pelo gerente do supermercado Big Mart, Valdir Correa de Paula. Um ovo de 350g custa, em média, R$ 39, e o que mais tem saída são as marcas tradicionais, como Lacta e Nestlé. O aumento não é tão significativo, mas com a atual situação econômica do país, os três-lagoenses vão segurar mais o bolso.

Segundo Valdir, a procura pelos tão famosos ovos diminuiu nesse ano, mas a previsão é de que dê uma aumentada nos dias mais próximos à data festiva. “Esse ano a procura não está grande, está bem tímida. Mas eu acredito que chegando perto da data os compradores se rendem por causa das crianças”, afirmou o gerente.

TRADIÇÃO

As crianças. São elas os principais motivos para a compra dos ovos nessa data. E não vai pensando que é por causa do chocolate, o motivo é o brinquedo que vem dentro, e esses são os mais procurados nos mercados. “Comprar ovos de páscoa não está compensando, mas para quem tem filho não tem como não comprar. Eles não vão aceitar uma caixa de bombom, ficam esperando o ovo”, disse a dona de casa Juliana Correia, 36.

Juliana ainda está pesquisando os preços, mas pretende comprar algo em torno de 20 a 30 reais para seus filhos. E ela ainda afirma que, mesmo com a crise, acredita que a população não deixará de comprar os ovos, pois a tradição é mais forte.

ALTERNATIVA

Os compradores olham, olham, olham e não puxam nenhum ovo do expositor. O momento é de pesquisar os preços antes de fazer a compra. Mas para quem não tem criança em casa e mesmo assim quer saborear um delicioso ovo de chocolate nessa data, ainda tem a opção de comprar ovos de páscoa caseiros.

Pollyana Lara Mantovani, 22, é boleira há dois anos e meio e começou a fazer os ovos em sua casa desde o ano passado. Ela diz que não faz para tirar um dinheiro extra, mas sim porque já trabalha com doces e gosta de participar de todas as datas festivas.

PRODUTO DIFERENCIADO

Os ovos feitos por Pollyana são diferenciados, diferentes dos tradicionais, são de colher. Ela disse que gosta de inovar no sabor. “Eu gosto de fazer a diferença com o sabor do recheio, como o de torta de maracujá, brigadeiro belga com morangos, chocolate Ferreiro, entre outro”, afirmou.

Os produtos são feitos com muito cuidado pela boleira. Ela procura não cobrar muito pelos ovos, para que seja um preço acessível aos consumidores em tempos de crise. “Eu tiro de 10 a 15 reais por ovo. Não quero cobrar caro pra que, com essa crise, possam comprar os meus ovos e que eu também não saia perdendo”, concluiu.

Os ovos de colher feitos em casa fazem sucesso no município e Pollyana, mesmo com um filho pequeno em casa, já está com a agenda cheia para a Páscoa. As encomendas já encerraram e ela diz que prefere fazer todos no dia, para que o recheio não fique ruim. “Eu acordo cedo, preparo as casquinhas, depois vou recheando. E prefiro fazer tudo sozinha, para que não dê nada de errado com as minhas encomendas.”

CASEIRO

E ainda para quem precisa segurar mais o bolso e mesmo assim não sair de mãos vazias nessa páscoa, ainda resta à opção de fazer o seu próprio ovo. A barra de chocolate está bem mais em conta, comparada ao preço dos ovos. O valor em média de uma barra de 150 g é de R$ 6. Aí é só derreter o chocolate, colocar na forminha e deixar gelar.

Consumidores procuram pesquisar preços antes de comprar os ovos de chocolate (Foto: Daniela Silis)

A procura pelos ovos de Páscoa caiu 23,3% esse ano, comparado à 2015 (Foto: Daniela Silis)

O aumento do valor do ovo não foi significativo, mas, com a atual situação econômica do país, os três-lagoenses irão segurar mais o bolso (Foto: Daniela Silis)

Comentários