27/02/2018 08h37

Pai do goleiro Fábio, jogador do Cruzeiro, morre em Cassilândia

Suspeita é de que tenha sofrido mal súbito durante caminhada

Redação

Morreu no início da noite de ontem, em Cassilândia, José Ramão de Souza Maciel, 66 anos, pai do goleiro Fábio, jogador do Cruzeiro Esporte Clube. A suspeita é de que tenha sofrido mal súbito durante caminhada na sede região central da cidade. Ele foi encontrado caído na Rua Joaquim Balduino de Souza, chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Civil, não havia sinais de violência e tudo aponta para um infarto. O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Paranaíba, para ser submetido a exame necroscópico que possa atestar as causas da morte. Fábio recebeu a notícia no hotel em Buenos Aires, na Argentina, onde aguardava confronto contra o Racing, pela Copa Libertadores, nesta terça-feira.

Por meio de nota, o Cruzeiro disse que “Fábio está recebendo todo o amparo e suporte necessários neste momento difícil e de extrema consternação”. Por este motivo, o terceiro goleiro, Lucas França, embarcou às pressas para a Argentina e deve chegar hoje na hora do almoço. José Ramão, mais conhecido como Docão, estava aposentado. Conforme apurado, além de Fábio ele deixa outras duas filhas.

(*) Correio do Estado

Goleiro recebeu a notícia enquanto estava na Argentina. - Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Comentários