17.9 C
Três Lagoas
terça-feira, 17 de maio, 2022
InícioNotíciasPanfletagem lembra o Dia de Combate à Violência Contra a Criança

Panfletagem lembra o Dia de Combate à Violência Contra a Criança

06/10/2006 10h39 – Atualizado em 06/10/2006 10h39

Júlio Melo

6 de outubro é considerado o Dia de Combate à Violência Contra a Criança. Para lembrar a data o Comcex (Entidade que luta pelo Fim da Exploração e Abuso Sexual de Crianças e Adolescente), o CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e Adolescentes), o CT (Conselho Tutelar) e o Sentinela de Três Lagoas estão fazendo uma panfletagem no Relógio Central, centro da cidade.

Nesta quinta-feira (5) foi feita a panfletagem também nas escolas da cidade (municipais e estaduais) com orientações acerca da violência contra o menor. O CASO DA BABÁEm Uberlândia, MG, uma babá é acusada de torturar uma criança de um ano e nove meses. Os pais registraram as imagens da agressão. A acusada, Érica Oliveira Magalhães, 19, ficava o dia inteiro sozinha com a criança para que os pais da menina de um ano e meio que tem síndrome de down pudessem trabalhar. Érica foi contratada havia três meses e ganhava um salário mínimo. A fim de provar que a filha sofria maltratos (com base em relato de vizinho), os pais tiveram que friamente instalar uma micro câmera e filmarem as agressões contra a filha.

As cenas foram gravadas em dois dias. Nas imagens, a babá puxa o bebê pela perna, dá tapas na cabeça e na mãozinha da criança. A agressora ainda empurra a mamadeira contra o rosto da criança, que pouco depois é jogada do sofá. Mesmo com o choro, Érica continuou com os atos de crueldade. A condenação contra a babá, uma vez efetivada pode levar há quatro anos de prisão.

De acordo com Vilma Portella (Comcex/Três Lagoas), qualquer tipo de agressão contra o menor pode ser denunciado pelos telefones: 3929-1812 ou 3521-5423. Ou ainda pelo serviço nacional 100, que atende das 8 às 20h.

Comentários
MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Este Conteúdo é protegido! O Perfil News reserva-se ao direito de proteger o seu conteúdo contra cópia e plágio.