25/09/2017 14h52

Paper Excellence paga hoje R$ 1 bi à J&F por 13% da Eldorado

Operação será feita com base em valor de empresa de R$ 15 bilhões. Com esse primeiro passo, a PE se torna acionista minoritária da companhia.

Da redação

A Paper Excellence (PE), produtora de celulose de fibra longa da mesma família que é dona da Asia Pulp and Paper (APP) recebe ainda hoje 13% das ações da Eldorado Brasil detidas pela J&F Investimentos, mediante pagamento de R$ 1,006 bilhão, segundo fonte próxima às negociações. Segundo a fonte, a auditoria dos ativos da produtora de celulose de eucalipto, que opera uma fábrica em Três Lagoas (MS), foi concluída e o acordo está “fechado”, dentro do prazo previsto.

A operação será feita com base em valor de empresa de R$ 15 bilhões. Tendo em vista o valor do pagamento efetuado pelos indonésios, é possível calcular que a dívida líquida considerada para a Eldorado é de R$ 7,26 bilhões. Com esse primeiro passo, a PE se torna acionista minoritária da companhia.

Fontes ligadas tanto aos compradores quanto aos vendedores vinham dizendo que, nessa primeira etapa da transação, os indonésios comprariam cerca de 17% da Eldorado detidos pela J&F via FIP Florestal.

No entanto, como os fundos de pensão Petros e Funcef ainda não manifestaram a decisão acerca de suas participações no FIP — se venderão em conjunto, se vão exercer o direito de preferência ou ainda se vão permanecer na empresa –, a primeira etapa da compra se concentrou em parte das ações detidas diretamente pela holding dos Batista na produtora de celulose. Os fundos têm 30 dias para indicar o que farão com suas participações.

A PE, então, poderá comprar as ações de Petros e Funcef no FIP, mais uma parcela das ações da J&F, de forma que ao final dessa etapa alcance até 34,45% de participação na Eldorado.

Caso os fundos permaneçam na companhia, a PE comprará a fatia da J&F no FIP, equivalente a 17% do capital social da Eldorado, chegando a 30% de participação. A empresa terá, então, até setembro do ano que vem para sacramentar a compra do controle e do capital restante da Eldorado.

(*) Informações com o Valor Econômico

Com esse primeiro passo, a PE se torna acionista minoritária da companhia. (Foto: Reprodução Internet)

Comentários