22.4 C
Três Lagoas
sábado, 13 de agosto, 2022
InícioIndústria & ComércioCelulosePaper Excellence vence na Justiça e passa a ter o direito de...

Paper Excellence vence na Justiça e passa a ter o direito de controle da Eldorado Brasil Celulose; em nota J&F contesta

Com decisão da 2ª Vara Empresarial e Conflitos de Arbitragem divulgada nesta sexta-feira (29), empresa passa a ser a única acionista da produtora de celulose brasileira

São Paulo, 30 de julho de 2022 – A Paper Excellence, uma das maiores produtoras de papel e celulose do mundo, obteve ganho de causa no processo para controle da Eldorado Brasil Celulose, da qual já detinha 49,41% das ações. Na decisão divulgada nesta sexta-feira (29/07) a juíza Renata Maciel, da 2ª Vara Empresarial e Conflitos de Arbitragem, manteve a decisão arbitral que obriga a J&F a transferir para a Paper 100% do capital da Eldorado, uma das maiores companhias do segmento no país, com sede em Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul.

O tribunal arbitral, conduzido entre 2020 e 2021 pela Câmara de Comércio Internacional (ICC), reconheceu a razão e a boa-fé da Paper Excellence ao longo da negociação, decidindo por unanimidade (3 votos a 0) o direito da empresa de assumir o controle e, consequentemente, a gestão da produtora de celulose. Na época, o negócio de R$ 15 bilhões não foi finalizado, uma vez que a J&F não aceitou o resultado e decidiu pedir a anulação da arbitragem na Justiça.

Com a decisão judicial, proferida após quase um ano e meio de avaliação pela juíza Renata Maciel, a Paper Excellence poderá dar continuidade à transferência do restante das ações da Eldorado. A expectativa é que se inicie agora outro processo de arbitragem para avaliação da conta de perdas e danos a serem pagas em favor da Paper.

“Nosso foco agora será integrar e operar a nova unidade brasileira da Paper Excellence. Posteriormente, avaliaremos o momento adequado para a expansão da planta”, diz Cláudio Cotrim, diretor-presidente da Paper Excellence no Brasil, que acumula mais de uma década de experiência no setor de celulose.

A Paper Excellence atua na fabricação de celulose de fibra longa e curta, de pasta de alto rendimento e também de papel. Desde a sua fundação, em 2007, a empresa vem crescendo rapidamente por meio de uma sólida estratégia de aquisições pelo mundo. 

A Paper Excellence já havia concluído outras três aquisições desde o acerto inicial para a compra da Eldorado Celulose, em 2017. No início do mês de julho, adquiriu todas as ações ordinárias da norte-americana Resolute Forest Products, líder global na indústria de produtos florestais. A companhia também anunciou a compra bem-sucedida da Domtar no ano passado, a maior comerciante de papel para imprimir e escrever dos Estados Unidos. Anteriormente, em 2019, já havia adquirido a canadense Catalyst Paper.

EM NOTA, J&F CONTESTA

A J&F Investimentos se surpreendeu com a publicação da sentença, uma vez que a ação encontra-se suspensa por decisão do Tribunal de Justiça. Se não fosse nula, a sentença seria revertida em instância superior, uma vez que ignora provas produzidas nos próprios autos. A quebra do dever de revelação do árbitro Anderson Scheiber foi, inclusive, confessada pela Paper Excellence em documento juntado ao processo. Já a espionagem das comunicações entre a J&F e seus advogados foi confessada diante do juízo e das autoridades policiais e corroborada pelas provas técnicas. Além do malabarismo para desviar das provas, a sentença premia os advogados da parte adversária com R$ 600 milhões em honorários de sucumbência, valor superior até ao que eles mesmos requereram. A J&F está confiante de que a Justiça brasileira não vai compactuar com tamanhas violações ao Direito.

Com informações: DC Comunicação

Comentários
MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Este Conteúdo é protegido! O Perfil News reserva-se ao direito de proteger o seu conteúdo contra cópia e plágio.