16/03/2012 15h27 – Atualizado em 16/03/2012 15h27

Da Redação*

Paranaíba está entre as melhores cidades da região Centro-Oeste, com base nos indicadores de saúde, segundo o Índice de Desempenho do SUS (IDSUS) 2011. O município aparece na 3ª colocação do Estado (à frente de Paranaíba estão apenas Japorã e Laguna Carapã, cidades menores e com uma demanda inferior), sendo também a primeira do “Grupo Homogêneo 3” – que considera todos os municípios com o mesmo perfil no Estado.

Paranaíba obteve a nota 6,06 no índice, superando a nacional geral (5,47), a nota da região Centro-Oeste (5,26), e até a nota nacional de seu grupo homogêneo (5,59).

Criado pelo Ministério da Saúde, o índice avaliou, entre 2008 e 2010, os diferentes níveis de atenção (básica, especializada ambulatorial e hospitalar e de urgência e emergência), verificando como está a infraestrutura de saúde para atender as pessoas e se os serviços ofertados têm capacidade de dar as melhores respostas aos problemas de saúde da população.

O índice avalia, com pontuação de 0 a 10, municípios, regiões, estados e país, com base em informações de acesso que mostram como está a oferta de ações e serviços de saúde e de efetividade que medem o desempenho do sistema, ou seja, o grau com que os serviços e ações de saúde estão atingindo os resultados esperados.

“Esses dados mostram quanto o Brasil tem que melhorar, sobretudo, na ampliação do acesso ao serviço de saúde, o qual é o maior peso na estatística. Agora, cada região terá uma meta de desempenho, que, se alcançada, será premiada”, disse o Ministro da Saúde, Alexandre Padilha. Ele ainda prometeu mais verbas para os Estados e municípios com as maiores notas no SUS. “O IDSUS é um indicador para avaliar a melhoria da ‘fotografia’ de hoje com a dos próximos três anos. Quem melhorar o desempenho merece receber mais incentivos”, completou.

Segundo o Ministério da Saúde, o índice, que será atualizado a cada três anos, pretende avaliar o desempenho dos serviços oferecidos pelo SUS nos municípios. O ministério considera a criação do IDSUS a primeira etapa para o desenvolvimento de um programa regular de avaliação do SUS – aos moldes do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), usado pelo Ministério da Educação para avaliar os ensinos fundamental e médio públicos do país.

Esta nota coloca Paranaíba na vanguarda da ampliação da produtividade do setor público, mesmo diante das pressões inescapáveis da corrente absorção tecnológica. Isto prova o aprimoramento na maneira com a qual a saúde vem sendo administrada.

“Saúde está entre as nossas prioridades. Nossa vontade sempre foi melhorar a condição de vida da população, bem como seu acesso à saúde pública. Por isso, a Prefeitura busca, incessantemente, recursos e trabalha para a ampliação da rede de atendimento ao público. Nos três anos de nossa gestão, já foram gastos praticamente R$10 milhões de reais para melhorar a saúde em Paranaíba”, salientou o Prefeito Municipal.

(*) Com informações assessoria LH

Comentários