17.9 C
Três Lagoas
terça-feira, 17 de maio, 2022
InícioNotíciasPolíticaParlamentares recebem projetos do Executivo sobre reestruturação nas carreiras da segurança pública

Parlamentares recebem projetos do Executivo sobre reestruturação nas carreiras da segurança pública

O governador Reinaldo Azambuja firmou um compromisso para continuar os diálogos com as categorias

O deputado estadual Coronel David (sem partido) participou nesta quinta-feira (25.11) na Casa de Leis, juntamente com o governador Reinaldo Azambuja, o presidente da Assembleia Legislativa, Paulo Corrêa, a secretária de Estado de Administração e Desburocratização, Ana Carolina Araújo Nardes e a procuradora do Estado, da Consultoria Legislativa, Ana Carolina Ali Garcia, para definirem ajustes nas alterações nos projetos de reestruturação das carreiras da Polícia Civil, Militar e do Corpo de Bombeiros Militar, podendo assim tramitar na Casa de Leis.

Retirados da Assembleia Legislativa no último dia 22 para ajustes, os projetos de lei do Governo do Estado que tratam das carreiras das polícias Civil e Militar, e também do Corpo de Bombeiros, voltaram à tramitar na Casa de Leis nesta quinta-feira (25). “Estamos trabalhando para que esses projetos sejam analisados o quanto antes, pois sabemos que é um desejo do servidor da segurança pública. Podem ter certeza que vou continuar atuando incansavelmente pela valorização e melhorias nas carreiras”, destacou Coronel David.

O governador Reinaldo Azambuja firmou um compromisso para continuar os diálogos com as categorias. “Essas discussões são permanentes e vamos continuar em diálogo sempre. Nós adequamos o que era possível sem ferir a LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal) e o equilíbrio fiscal do Estado”, explicou Azambuja.

Mudanças nas carreiras da Polícia e bombeiros militares

Redução de interstícios para promoção de praças: soldado de 8 anos para 7 anos; cabo de 6 anos para 5 anos. Para as duas graduações, a alteração dos critérios de mérito intelectual: 20% por mérito e 80% por merecimento. Redução de interstícios para promoção de oficiais: segundo-tenente, de 72 meses para 36 meses; primeiro-tenente, de 60 meses para 48 meses; capitão, 60 meses; major, 60 meses; tenente-coronel, de 60 meses para 72 meses. Na Polícia Civil, as carreiras de agente de Polícia Judiciária, perito oficial Forense, perito Papiloscopista e agente de Polícia Científica também tiveram mudanças em relação ao tempo de interstício para promoção.

Comentários
MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Este Conteúdo é protegido! O Perfil News reserva-se ao direito de proteger o seu conteúdo contra cópia e plágio.