16/03/2012 08h12 – Atualizado em 16/03/2012 08h12

Pescador profissional é autuado em R$ 7.000 em Bataguassu

PMA apreende 11 redes com pescador paulista

Adriano Vialle

A Polícia Militar Ambiental de Bataguassu, em fiscalização de rotina no lago da Usina Sérgio Motta, no município de Brasilândia, prendeu na quinta-feira (15), 1 pescador profissional que praticava pesca predatória.

De acordo com a PMA o pescador reside em Presidente Epitácio-SP e utilizava redes de pesca para pescar. Com o pescador foram apreendidas 11 redes, 1 motor de popa, 1 barco e 10 quilos de pescado.

Ele foi multado em R$ 7.000 e responderá por crime ambiental de pesca predatória. Se condenado poderá pegar pena de 1 a 3 anos de detenção.

Segundo informações da PMA este tipo de fiscalização é fundamental. A retirada desta quantidade de redes ilegais do rio impede a degradação dos cardumes.

Foram encontrados com o pescador, 10 quilos de peixe
Foto: Assessoria de Comunicação

Comentários