31/10/2015 10h14 – Atualizado em 31/10/2015 10h14

Segundo a pesquisa, trocar a padaria pelo hipermercado pode ser um bom negócio para o bolso.

Da Redação

Pesquisar o preço do pãozinho pode gerar uma economia de mais de R$ 700 em um ano, segundo uma pesquisa feita pela associação de consumidores Proteste.

O levantamento foi feito em 257 estabelecimentos, entre padarias, supermercados e hipermercados, no mês de agosto. Por meio do aplicativo colaborativo Pinngo, consumidores tiraram fotos dos valores cobrados em lojas e enviaram-nas para a Proteste.

PREÇOS DIFERENTES NA MESMA RUA

No Rio de Janeiro, o quilo do pão francês, também conhecido como pão branco ou pão de sal, saía por R$ 5,99 no supermercado Prezunic, na avenida das Américas, na Barra da Tijuca, zona oeste.
Na mesma avenida, a 300 metros de distância, o quilo saía por R$ 15,90 no mercado Novo Mundo. Ou seja: quase três vezes mais.

Levando em conta que cada pãozinho pesa cerca de 50g, ao optar pelo Prezunic, em vez do Novo Mundo, uma família que consome quatro pães diariamente vai poupar, em um mês, R$ 60,29. Em um ano, terá R$ 723,43 a mais no bolso.

Situação parecida foi encontrada em São Paulo. Localizados na avenida São Miguel, no bairro Vila Norma, zona leste, os supermercados Semar e Extra oferecem o quilo do pão a R$ 4,58 e R$ 8,90, respectivamente. Ou seja: um cobra quase o dobro do preço do outro.

QUILO CHEGA A R$ 18 NO RIO

Entre as lojas avaliadas no Rio de Janeiro, a confeitaria Bonis, que fica em Copacabana, na zona sul, apresentou o preço mais salgado: R$ 18 o quilo. Já o menor valor, R$ 5,99, foi encontrado nos bairros Higienópolis, Barra da Tijuca e Santa Cruz.

Em São Paulo, o menor valor é o cobrado pelo supermercado Semar na zona leste (paga-se R$ 4,58). Na Panificadora & Confeitaria Comar, situada no bairro Vila Clementino, na zona sul, e apontada como a mais cara, o quilo do pãozinho custava R$ 14,90.

(*) Uol

Levantamento foi feito em 257 estabelecimentos, entre padarias, supermercados e hipermercados (Foto:Reprodução)

Comentários