27/04/2016 11h31 – Atualizado em 27/04/2016 11h31

Os crimes ocorreram no município de Aparecida do Taboado, entre 2005 e 2006

Assessoria

A Polícia Federal de Três Lagoas indiciou um vereador, L.M.A., 55 anos, um servidor do INSS, R.F.Q.B., 41 anos, e um ex-servidor do mesmo órgão, C.C.A., 61 anos, por cinco crimes de peculato (apropriação ou desvio de valores públicos) cometidos entre 2005 e 2006 no município de Aparecida do Taboado.

Durante as investigações a PF apurou que um grupo de pessoas formado por servidores públicos do INSS, proprietários e funcionários de escritório de contabilidade, produtores rurais e políticos emitiram declarações falsas de tempo de trabalho e as utilizaram em processos administrativos de aposentadorias. Foram ilicitamente concedidas e causaram prejuízo superior a R$ 250.000,00 à União.

Algumas pessoas deste mesmo grupo já foram indiciadas em outro inquérito policial por fatos semelhantes e continuam sendo investigadas pela PF. Podem ser condenadas a até 12 anos de prisão pela prática de cada um dos crimes.

(*) Polícia Federal de Três Lagoas

Os envolvidos cometeram os crimes no município de Aparecida do Taboado. (Foto: Divulgação)

Comentários