17/11/2006 15h34 – Atualizado em 17/11/2006 15h34

TV Morena

O piloto Marcelo Coelho de Souza, de 32 anos, que pilotava o monomotor que caiu em São Gabriel do Oeste na última terça-feira, dia 14, se apresentou há pouco na sede da Polícia Federal em Campo Grande, acompanhando de um advogado. De acordo com a PF, ele está sendo ouvido neste momento. O avião monomotor prefixo PT-JUF, que transportava US$ 710 mil e R$ 10 mil, chegou a ser perseguido pela Polícia Federal de São Paulo, na região de Araçatuba e Piracicaba, mas acabou conseguindo fugir ao cerco. O piloto estaria levando cerca de 200 quilos de cocaína. De acordo com a PF, a aeronave pousou em uma cidade do interior de São Paulo e policiais já estavam no local para fazer a abordagem. O piloto percebeu e decolou o avião que ainda estava sendo abastecido. O bico da bomba de gasolina estava na boca do tanque que fica na asa. Como foi encontrado uma quantia grande de dinheiro, a PF desconfia que mesmo com o cerco o piloto conseguiu fazer a entrega da droga. Agora, os policiais investigam onde e para quem a cocaína foi entregue. A polícia encontrou o dinheiro na fazenda onde a aeronave caiu, e estava escondido em uma lata de graxa. Segundo funcionários da fazenda, o piloto, que não teve o nome divulgado, pediu para deixar a lata no local e que voltaria mais tarde para busca-la. Em seguida, foi levado para a delegacia, onde foi ouvido pelo delegado e desaparecido em seguida. Os funcionários contaram à polícia sobre a existência da lata, que ao ser analisada, foi descoberto o dinheiro camuflado. O avião caiu na tarde dessa terça-feira, por volta das 15h30, no distrito de Areado, a 70 quilômetros de São Gabriel do Oeste. Ainda não se sabe se a aeronave caiu ou se fez um pouso forçado.

Comentários