19/04/2013 14h14 – Atualizado em 19/04/2013 14h14

Plano de Manejo do Parque do Pombo é apresentado à população

Projeto contém diagnóstico ambiental da área remanescente do cerrado e propostas de implantação da estrutura necessária para uso adequado da unidade de conservação ambiental

Da Redação

A Prefeitura de Três Lagoas, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, em parceria com a indústria Fibria de celulose, realizou Audiência Pública, na noite desta quinta-feira (18), no Requinte Buffet.

O evento, em cumprimento à legislação ambiental contida na Lei 9.985/2000, do Sistema Nacional de Unidade de Conservação (SNUC), teve o objetivo de apresentar à população, em Audiência Pública, o projeto do Plano de Manejo do Parque Natural Municipal do Pombo.

A apresentação do conteúdo do referido Plano de Manejo esteve a cargo do engenheiro florestal, Klaus Duarte Barreto, e do ecólogo Elson Fernandes de Lima, ambos da Casa da Floresta Assessoria Ambiental Ltda., empresa contratada pela Fibria.

O estudo, que também contou com a colaboração de professores da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), e apresentação do Plano de Manejo “foi uma condicionante apresentada à Fibria para instalação industrial”, como lembrou a gerente do escritório local do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), Délia Villamayor Javorka. No caso, trata-se de compensação ambiental pelos impactos da construção de ramal ferroviário para escoamento da produção de celulose.

“Este é um momento importante para o Imasul e para a população de Três Lagoas. O Plano de Manejo é um processo caro e demorado, que exigiu diagnóstico ambiental detalhado desta área natural de preservação. Temos recursos de compensação ambiental disponíveis que precisam ser aplicados numa área natural que precisa ser preservada, no caso, o Parque Natural Municipal do Pombo”, comentou Délia.

Presente também no evento o gerente geral da Fibria, Renato Ottoni. “A Fibria está mais uma vez honrada em participar deste projeto, porque sempre tem se demonstrado receptiva aos diagnósticos dos impactos ambientais para o desenvolvimento sustentável de Três Lagoas”, disse o empresário.

O Plano de Manejo contém diagnóstico, zoneamento e projeto estrutural de uso da área de preservação natural. A conclusão do Plano de Manejo deverá ficar pronta em julho, quando deverá ser entregue à Prefeitura de Três Lagoas e aos órgãos ambientais competentes.

Na solenidade, com a participação de estudantes e representantes dos diversos segmentos da sociedade, estavam presentes: o secretário de Meio Ambiente, Milton Gomes Silveira, no ato representando também a prefeita Marcia Moura (PMDB), em viagem a Campo Grande; promotor público de Defesa do Meio Ambiente, Antônio Carlos Garcia de Oliveira; vereador Beto Araújo (PSD), representando a Câmara Municipal; e representantes do comando local da Polícia Militar Ambiental (PMA).

PROJETOS ESTRUTURAIS

Além do diagnóstico ambiental da área, acima de 3,3 mil hectares, o Parque do Pombo abriga como habitat natural diversas espécies da fauna e flora e está localizado às margens do km 97 da BR-262.

Para seu uso ambientalmente adequado, se faz necessário também estudo e execução de projetos estruturais, como lembrou o secretário Milton Silveira.

“Concluído o Plano de Manejo, teremos orientações precisas na condução dos trabalhos e ações que se fazem necessárias neste importante Parque Natural Municipal”, observou o secretário de Meio Ambiente.

Além da via de acesso e trilhas internas para visitas e estudos, o Plano de Manejo contém projetos estruturais de uso. Entre eles, a construção de salão de exposição e eventos, auditório, escritório de gestão administrativa, cantina, sanitários públicos, enfermaria, alojamento para pesquisadores, centro de visitantes, casa dos vigias e uma torre para observatório.

O Parque Natural Municipal do Pombo, criado pela ex-prefeita Simone Tebet, pelo Decreto 105/2006, é um dos mais importantes e remanescentes do cerrado do estado de Mato Grosso do Sul.

O evento teve o objetivo de apresentar à  população, o projeto do Plano de Manejo do Parque Natural Municipal do Pombo (Foto: Divulgação/Assecom)

Comentários