09/02/2012 15h34 – Atualizado em 09/02/2012 15h34

Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais (Cigcoe).

Correio do Estado

Três pessoas foram presas na noite de ontem (08) em Aparecida do Taboado, a 467 km de Campo Grande, pelos policiais militares da Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais (Cigcoe). Eles tinham acabado de assaltar uma residência. Segundo a Polícia eles são suspeitos de diversos roubos e furtos a mão armada e com violência em pelo menos dois municípios do Estado.

A Polícia disse que dois homens, de 31 e 23 anos, e uma mulher de 20 anos invadiram a residência de um comerciante de 51 anos no centro da cidade. As vítimas foram rendidas e os suspeitos roubaram eletroeletrônicos, jóias e roupas.

Os três fugiram levando os pertences e o carro da família, enquanto comparsas seguiam em outro veículo. A rota de fuga foi Paranaíba. No entanto uma das vítimas conseguiu se soltar e acionou a polícia, dizendo que os suspeitos haviam fugido na direção do município vizinho

Na rodovia a Polícia conseguiu interceptar um dos veículos. O terceiro envolvido que fugiu do cerco foi encontrado depois em um endereço na cidade, indicado pelos outros dois presos.

No local, a polícia encontrou duas armas, calibre 22 e calibre 32, munições, além de produtos eletroeletrônicos, jóias e explosivos do tipo emulsão, um gel encartuchado em plástico, também conhecido como banana de dinamite por causa do formato.

A Polícia Militar acredita que os suspeitos não tenham envolvimento com os roubos e explosões a caixas eletrônicos registrados este ano em outros municípios do estado, mas a Polícia Civil deve investigar a relação.

Segundo a PM, os três suspeitos já tem passagem pela polícia por furto, roubo e lesão corporal e seriam suspeitos de outros roubos em Aparecida do Taboado e Paranaíba.

Comentários