A doação de sangue pode salvar muitas vidas. Apenas uma bolsa de sangue pode salvar até quatro vidas

Com a chegada do fim de ano, celebrações e período de férias, as doações de sangue tendem a cair em Três Lagoas e em um gesto de solidariedade, o Subtenente PM Jeferson, com aval do Comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar está mobilizando os companheiros de farda e demais voluntários para doação de sangue.

A ação será realizada 16,17 ou 18 deste mês a partir das 7h30, no Hemosul da cidade.

“Durante o período de fim de ano as doações de sangue caem consideravelmente. Ao mesmo tempo, a demanda por sangue fica maior. Em um gesto nobre, podemos ‘virar o jogo’. Seja voluntário”, destaca o Subtenente.

ATITUDE QUE SALVA VIDAS

A doação de sangue pode salvar muitas vidas. Apenas uma bolsa de sangue pode salvar até quatro vidas. No Brasil, apenas 1,6% da população brasileira é doadora de sangue, segundo o Ministério da Saúde.

Apesar de o número estar dentro dos parâmetros mínimos da Organização Mundial da Saúde, a média ainda está aquém dos 3% considerado índice ideal pela OMS.

DOAÇÃO DE SANGUE

O procedimento para doação é simples. Inicialmente a pessoa passar por uma identificação em seguida realiza uma triagem clínica, onde deve prestar informações sobre seu quadro de saúde, hábitos alimentares, histórico de doenças e o uso medicamentos.

A coleta em si dura cerca de 15 minutos. Entretanto, todo o procedimento leva, em média, cerca de 40 minutos.

Comentários