20/12/2012 16h10 – Atualizado em 20/12/2012 16h10

Polícia Militar de Três Lagoas prende acusados de furtar residência e cumpre mandado de prisão

Um jovem de 21 anos e um adolescente furtaram uma residência no Jarim Novo Aeroporto e logo após foram presos pelos policiais

Cristiane Vieira

Uma viatura da Polícia Militar foi acionada via Copom, na manhã de ontem (19), para ir até o bairro Jardim Novo Aeroporto atender uma ocorrência de furto. A porta da casa havia sido arrombada e vários objetos subtraídos.
Em buscas nas proximidades da casa, a polícia abordou um jovem de 21 anos, e por perto do local foram encontrados 1 faqueiro, 3 chaves de fenda, 3 chaves philips, 1 molinete, 1 inalador e 1 depilador com carregador.

Retornando até a residência que foi furtada, a vítima reconheceu os objetos que estavam com o suspeito, dizendo que eles eram de seu falecido marido. O jovem é conhecido no meio policial pela prática de outros delitos e confessou o crime, informando também que não tinha feito o trabalho sozinho, tinha contado com a ajuda de um adolescente de 17 anos.

Os policiais foram até o local aonde ele indicou que o adolescente estaria e encontraram o menor, que confirmou a sua participação no furto e relatou que os objetos furtados estavam na casa de sua mãe.

Chegando na casa da mãe do menor os policiais encontraram 3 correntes de ouro e também 84 gramas de crack. Os suspeitos foram presos em flagrante e encaminhados ao Distrito Policial.

MANDADO DE PRISÃO

Na manhã de ontem (19) uma viatura da Polícia Militar prendeu um homem, de 52 anos, com um mandado de prisão em aberto. Ele foi abordado andando em via pública em atitude suspeita.

Os policiais, durante consulta no sistema policial, verificaram a existência de um mandado de prisão expedido pela Vara Criminal de Três Lagoas por evasão do estabelecimento semi aberto.

O homem foi preso e encaminhado ao Distrito Policial. Este ano já foram cumpridos pela Polícia Militar 243 mandados.

Os policiais receberam a denúncia via Copom e em seguida prenderam os suspeitos do furto. Foto: Arquivo/Perfil

Comentários