06/12/2014 08h53 – Atualizado em 06/12/2014 08h53

Os responsáveis pela empresa responderão por crime ambiental de funcionar atividade potencialmente poluidora sem a licença ambiental, que prevê pena de prisão de três a seis meses

Assessoria de Comunicação da PMA

Policiais Militares Ambientais de Costa Rica (MS) realizavam ontem (5) fiscalização no município, na rodovia MS 306, na altura do Km 25 e apreenderam um caminhão transportando uma carga com 4.800 baterias de veículos (produto perigoso) ilegalmente. O transporte do material perigoso era feito sem a licença ambiental.

O veículo carregado com a carga perigosa para o ambiente, pertencente a uma empresa transportadora de Sorocaba (SP), que se destinava a cidade de Pimenta Bueno (RO) foi apreendido. A empresa responsável pelo transporte foi multada em R$ 24.000,00. O produto e o veículo foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Costa Rica.

Os responsáveis pela empresa responderão por crime ambiental de funcionar atividade potencialmente poluidora sem a licença ambiental, que prevê pena de prisão de três a seis meses. Também poderão responder por crime ambiental de transporte de produto perigoso, que prevê pena de um a quatro anos de reclusão.

Os responsáveis pela empresa responderão por crime ambiental de funcionar atividade potencialmente poluidora sem a licença ambiental, que prevê pena de prisão de três a seis meses. (Foto: Assessoria de Comunicação)

Comentários