24/09/2013 15h39 – Atualizado em 24/09/2013 15h39

PMA realiza operação em assentamentos, autua quatro por crimes ambientais e apreende três motos furtadas

A operação ocorreu nos assentamentos Santa Mônica, em Terenos (MS) e Patagônia e Querência em Sidrolândia (MS)

Da Redação

A Polícia Militar Ambiental realizou desde o dia 20 até hoje (24) às 12h00min, uma operação em três assentamentos, envolvendo 18 policiais do efetivo de Campo Grande, Miranda e Aquidauana (MS). A operação ocorreu nos assentamentos Santa Mônica, em Terenos (MS) e Patagônia e Querência em Sidrolândia (MS), com o objetivo de combater e prevenir todos os tipos de crimes ambientais, especialmente os crimes contra a flora, bastante denunciados nos assentamentos objetos da operação e que são comuns nas imediações dessas áreas rurais, destacando-se a exploração de madeira nas Reservas Legais.

Um assentado, residente no lote 149 do assentamento Santa Mônica foi multado em R$ 330,00 por exploração ilegal de madeira. Com o autuado foram apreendidos 15 postes, e cinco toras de madeira.

Outra equipe autuou um morador do assentamento Querência em Sidrolândia por exploração de aroeira, madeira protegida por lei, sem autorização. Ele foi multado em R$ 500,00 por exploração ilegal da madeira. Foram apreendidas três toras de aroeira que estavam sendo beneficiadas em postes para cerca.

No assentamento Patagônia uma equipe da PMA autuou uma assentada, residente no lote 84 também por exploração de madeira ilegalmente. Ela também explorava aroeira, que é madeira protegida por lei. Com a assentada foram apreendidas madeiras provenientes de 17 árvores que ela havia derrubado. A assentada foi multada em R$ 8.800,00.

As equipes também apreenderam um caminhão com 12 m³ de carvão nativo, que eram transportados ilegalmente. O motorista, residente em Sidrolândia foi autuado em R$ 3.600,00.

Todos os autuados responderão por crimes ambientais. Os assentados autuados com madeira da espécie aroeira poderão pegar pena de um a dois anos de reclusão. Os autuados pegos com madeira de outras espécies e com o carvão ilegal poderão pegar pena de seis meses a uma no de detenção.

Nos assentamentos a PMA encontrou madeira explorada nas reservas legais, porém, não conseguiu identificar os infratores. A madeira encontrada foi apreendida, sendo 70 lascas (estacas para cerca), 10 pranchas e 11 postes de madeira de várias espécies. Também foram apreendidas duas motosserras utilizadas ilegalmente para a exploração da madeira.

Nos assentamentos Patagônia e Santa Mônica a PMA apreendeu duas motos Honda Titan e uma Yamaha produtos de furto. Dois homens foram presos por receptação e um adolescente apreendido pelo mesmo crime, por confessarem ter comprado os veículos.

A operação não foi divulgada antes para evitar que pessoas pudessem se livrar de produtos de crimes.

(*) Com informações de Assecom PMA MS

Com a assentada foram apreendidas madeiras provenientes de 17 árvores que ela havia derrubado (Foto: Divulgação/PMA MS)

Comentários